Dicas para evitar manchas de bolor e mofo na parede

20130620142943935998aManchas nas paredes, descascamento de pintura pelo mofo e bolor são as causa que influenciam nas alergias e doenças respiratórias. Por isso, é fundamental executar a impermeabilização. Mas quando isto aparece é preciso investigar a causa e só depois iniciar a correção mais adequada para cada caso, evitando sérios prejuízos no imóvel. Nos edifícios, diversos locais devem ser impermeabilizados, sendo os mais importantes as lajes expostas, os terraços, os reservatórios, as caixas d’água, piscinas, calhas, banheiros, porão de elevadores e muros de arrimo.

Para entender melhor o surgimento desse problema, gerente técnica da Vedacit/Otto Baumgart esclarece como identificar e tratar esse mal. “Existem manchas devido a trincas na parede, tanto do lado interno, como do externo. Paredes externas precisam ter juntas de dilatação para evitar o surgimento de fissuras e trincas. Para o tratamento é preciso verificar se a causa é a trinca o indicado é abri-la em V com largura de 0,5 mm e profundidade de 0,5 mm e calafetar com selante acrílico. As manchas causadas por falta ou falha dos sistemas de captação de água precisam ser reparadas primeiramente pelo lado externo, com a instalação de rufos e calhas”.

Lista de orientações para cada caso:

1) Manchas em lajes e sua proximidade

Causa: aparecem devido a falha ou falta dos sistemas de captação de água de chuva. Já as localizadas no rodapé se devem à umidade do solo e à falta de caimento dos pisos externos (áreas circundantes com caimento para as paredes) ou ao jardim encostado nas paredes.

Tratamento: manchas nos rodapés precisam ter o revestimento removido (retirar tudo até atingir os blocos ou tijolos) e aplicar a argamassa polimérica, em três demãos cruzadas, com intervalos de seis horas cada.

2) Manchas em caixilhos

Causa: o problema está na ausência ou problemas com a calafetação dos mesmos.

Tratamento: os caixilhos devem ser calafetados, pois devido à diferença de dilatação dos materiais as trincas podem aparecer no entorno e propiciar a infiltração de água.

2103777929_ac9e70fbd2_z

3) Manchas em fachadas com tijolo aparente

Causa: Como as argamassas são porosas (constituídas de cimento, areia e água), o reboco absorve água facilmente, manchando o revestimento no interior da edificação, por isso precisa ser impermeabilizado. Devem receber tratamento na argamassa de assentamento e nos próprios tijolos.

Tratamento: avaliar primeiro se os tijolos não estão quebradiços, desagregando. A argamassa de assentamento não pode estar pulverulenta e com orifícios, e os tijolos precisam ter boa qualidade, caso contrário, devem ser substituídos. A argamassa de assentamento com orifícios pode ser reparada com argamassa de cimento, areia, adesivo e água. Para o acabamento final recomendamos a aplicação de uma resina acrílica ou hidrofugante, pois ao longo de sua vida útil a parede ela está sujeita ao intemperismo e dilatações térmicas.

4) Manchas em ambientes confinados

Causa: tais ambientes, como box de banheiro (que não possui boa circulação do ar), merecem muita atenção, pois as manchas surgem devido condensação (vapor de água). Um problema que aumenta nos dias frios, quando os banhos são mais quentes.

Tratamento: mancha devido à condensação de água requer ventilação forçada. Os produtos de impermeabilização evitam a infiltração da água na forma líquida, mas o vapor fica depositado sobre o produto e pode manchar a pintura.

5) Manchas em paredes externas

Causa: como estão sujeitas à batida de chuva, podem desenvolver com mais facilidade o aparecimento de fungos e bolor.

Tratamento: precisam receber pintura impermeável. Paredes já pintadas devem ter a tinta removida e serem lavadas com solução de água sanitária. A lavagem é para eliminar fungos e bolor. Enxaguar e aguardar secar bem. Depois iniciar a aplicação do impermeabilizante.

Produtos indicados para evitar manchas na parede:

– Trincas nas paredes: selante acrílico (Fechatrinca).
– Juntas de dilatação: selante elástico à base de poliuretano (Vedaflex).
– Calhas e rufos: fita multiuso autoadesiva Vedacit ou Vedapren Fast.
– Rodapés manchados: Vedatop ou Vedajá.
– Calafetação de caixilhos: Fechatrinca ou Vedaflex
– Tijolos aparentes: Acquella e Vedacil
– Paredes sujeitas à batida de chuva: Vedapren Parede
– Chapisco: Bianco
– Reboco: Vedacit

Leave a Reply

dicas-para-evitar-manchas-de-bolor-e-mofo-na-parede-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: