Horizonte à vista

Com skyline privilegiado da cidade de São Paulo, este apartamento, de 345 metros quadrados, teve a planta desconstruída para integrar a varanda à sala de estar. No novo projeto, ele ganhou espaço, paredes envidraçadas e móveis estrategicamente dispostos — tudo para observar de camarote a vida lá fora
<p>	As paredes e os pilares têm três tipos de revestimento: madeira africana ébano de macassar, aço inox e limestone. A pedra também foi usada no piso</p>As paredes e os pilares têm três tipos de revestimento: madeira africana ébano de macassar, aço inox e limestone. A pedra também foi usada no piso (Foto: Roberto Wagner )
<p>	Sala de estar: tapete persa, sofá de linho e estante de madeira. Sobre o sofá de couro azul com drapeados de Patricia Urquiola, luminária Philippe Starck</p>Sala de estar: tapete persa, sofá de linho e estante de madeira. Sobre o sofá de couro azul com drapeados de Patricia Urquiola, luminária Philippe Starck (Foto: Roberto Wagner )

<p>	Sala de jantar: mesa de madeira laqueada azul-carbono e cadeiras de couro da mesma cor assinadas pelo arquiteto</p>

Sala de jantar: mesa de madeira laqueada azul-carbono e cadeiras de couro da mesma cor assinadas pelo arquiteto (Foto: Roberto Wagner )
<p>	Sala de jantar: lustre modular de alumínio e fotografia do mineiro Lufe Gomes</p>Sala de jantar: lustre modular de alumínio e fotografia do mineiro Lufe Gomes (Foto: Roberto Wagner )
<p>	Home theater: sofá de jeans e o mesmo tapete da sala de estar. O quadro é de Valentino Fialdini, e a fotografia de carro é de Lufe Gomes</p>Home theater: sofá de jeans e o mesmo tapete da sala de estar. O quadro é de Valentino Fialdini, e a fotografia de carro é de Lufe Gomes (Foto: Roberto Wagner )

<p>	Cozinha: obra de Lufe Gomes reproduz engradados e dá profundidade à parede da cozinha</p>

Cozinha: obra de Lufe Gomes reproduz engradados e dá profundidade à parede da cozinha (Foto: Roberto Wagner )
<p>	No banheiro, o closet tem portas espelhadas e sem maçanetas, para simular paredes. O piso é de madeira de demolição , e a pia, de Corian</p>No banheiro, o closet tem portas espelhadas e sem maçanetas, para simular paredes. O piso é de madeira de demolição , e a pia, de Corian (Foto: Roberto Wagner )

<p>	Quarto de casal: o papel de parede reproduz textura de pedra. A fotografia erótica da Barbie é de Patricia Kaufmann, e a luminária, de Vico Magistretti. O tapete é de pelo de ovelha</p>

Quarto de casal: o papel de parede reproduz textura de pedra. A fotografia erótica da Barbie é de Patricia Kaufmann, e a luminária, de Vico Magistretti. O tapete é de pelo de ovelha (Foto: Roberto Wagner )

Quando foi contratado para desenhar o novo projeto de um apartamento no 20º andar de um prédio em Moema, Zona Sul de São Paulo, o arquiteto paranaense Guilherme Torres não teve dificuldade para decidir qual seria seu norte. Grande atração da casa, a vista do imóvel — para lugares como o Parque do Ibirapuera e o Aeroporto de Congonhas — continuaria com o status de estrela do lugar, e o restante do espaço seria usado para potencializá-la. Assim, durante uma reforma que durou um ano, ele pôs abaixo as paredes da varanda, removeu portas e janelas e nivelou o piso para integrá-la à sala (a área social aumentou de 58 para 125 metros quadrados). Para o entorno, escolheu cores, acabamentos e móveis sóbrios, dispostos em ambientes delimitados por paredes solteiras (que não se ligam entre si), o que faz do apartamento quase um labirinto. “À noite, é legal apagar todas as luzes e abrir as cortinas, para deixar quea cidade o ilumine”, diz Torres.

Fonte: Veja São Paulo – por Patricia Moterani

Leave a Reply

horizonte-vista-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: