Pesquisa mensal de valores de locação residencial cidade de São Paulo – Julho de 2013

No mercado de locação residencial na cidade de São Paulo, os contratos de aluguel realizados em julho elevaram-se em média 0,7% relativamente à situação de mercado de junho de 2013. Considerando o comportamento dos valores nos últimos 12 meses, de agosto de 2012 a julho deste ano, o aumento acumulado da locação alcançou 9,05%, percentual superior ao da elevação do índice geral de preços de mercado – IGP-M, da Fundação Getúlio Vargas, que reajusta a maioria dos contratos de locação residencial em andamento, e que foi de 5,18% no período de agosto de 2012 a julho de 2013. O IGP-M serve de parâmetro de reajuste para os contratos com aniversário em agosto e que utilizem o comportamento do IGP-M como fator de reajuste.

As moradias que tiveram maiores acréscimos nos aluguéis foram as das residências de 1 dormitório, que subiram em média 1,3%. Os outros tipos de imóveis tiveram aumentos menores: os valores locatícios dos imóveis de 2 quartos subiram 0,5% e os de 3 dormitórios, um pouco menos (0,2%).

Esta pesquisa sobre o mercado de locação residencial é produzida pelo Secovi-SP, o Sindicato da Habitação, e visa acompanhar o comportamento do setor de aluguéis na cidade de São Paulo. As informações estão disponibilizadas em valores por m2 (área privativa de apartamentos e área construída de casas e sobrados) e estão organizadas em oito grandes regiões: Centro; Norte; Leste (dividida em duas zonas: a que corresponde à área do Tatuapé à Mooca; zona B – outros bairros dessa área geográfica, como Penha, São Miguel Paulista etc.); Oeste (segmentada em duas: zona A – Perdizes, Sumaré, Pinheiros e vizinhanças; zona B – bairros como Butantã e Jaguaré); Sul (dividida em duas sub-regiões: zona A – Jardins, Moema, Campo Belo, Vila Mariana, dentre outros; zona B – bairros como Campo Limpo, Cidade Ademar etc).

Os dados estão apresentados por faixa de valores por metro quadrado, por número de dormitórios e por estado de conservação. Por exemplo, um imóvel de três quartos na zona Norte, em bom estado, possui aluguel por m2 entre R$ 19,13 e R$ 19,87. Uma moradia de 90 m2 nessa região tem sua locação entre R$ 1.721,00 e R$ 1.788,00.

Nos bairros da área Sul – zona A, como Jardins, Moema e Vila Mariana, têm nas locações de residências de três dormitórios faixa de valores por m2 entre R$ 25,72 e R$ 32,90 Assim, um imóvel com área em torno de 150 m2 na região tem aluguel entre R$ 3.858,00 e R$ 4.935,00.

O tipo de garantia mais usado foi o fiador, utilizado em quase metade dos contratos de locação (48%). A segunda modalidade mais recorrida foi o depósito de até três meses (31,5%) e o seguro-fiança foi o instrumento jurídico garantidor de aproximadamente um quinto dos imóveis locados.

Os apartamentos tiveram um período para estarem locados um pouco maior do que o das casas. Estas apresentaram prazo médio de escoamento entre 13 e 32 dias. Os apartamentos demoraram um pouco mais: o IVL (Índice de Velocidade de Locação) – que mede em número de dias quanto tempo se espera até que se assine o contrato de aluguel – alcançou tempo médio de ocupação entre 19 e 39 dias.

Fonte:  SECOVI-SP

Leave a Reply

pesquisa-mensal-de-valores-de-locao-residencial-cidade-de-so-paulo-julho-de-2013-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: