Corretor de imóveis: Como manter o equilíbrio emocional no seu dia-a-dia profissional

Corretor de imóveis: Como manter o equilíbrio emocional no seu dia-a-dia profissional

Nos deparamos às vezes com algumas situações no dia-a-dia profissional dos corretores de imóveis onde a calma, paciência e equilíbrio emocional são fundamentais para o sucesso nas negociações. Seja no ambiente de trabalho, na relação com os colegas, atendimento ao cliente ou na vida pessoal, o corretor de imóveis deve procurar sempre ter controle de suas ações e emoções. No dia a dia nos deparamos com problemas que podem levar ao “descontrole”, ocasionando bloqueio das reações ou atitudes inesperadas.

Algumas situações que podem prejudicar o seu equilíbrio emocional:

Escutar um não.  Dedicar-se no atendimento ao cliente, selecionar os melhores imóveis e negociar os valores mais acessíveis, nem sempre significam sucesso no fechamento do negócio. É importante ocorretor de imóveis compreender que estes obstáculos e/ou conflitos são naturais e representam a construção da maturidade profissional.

Falta de persistência e força de vontade. A desmotivação é um dos principais motivos para a desistênciados corretores de imóveis pela profissão. Provoque mudanças positivas no seu dia-a-dia. Acalme-se, lembre-se do ditado: “Roma não foi construída em um dia”. A ansiedade só leva ao desespero. Procure conversar com outros colegas de profissão, peça auxílio ao seu gestor. Experiência de pessoas e outrosconsultores imobiliários que já passaram por estas situações na vida profissional, são essenciais para que você possa superar estas adversidades também.

Perda do auto-controle. Não está se sentindo bem? Tire um dia de folga. Medite sobre sua vida, se pergunte: Como você lida com seus sentimentos? Como você está se sentindo agora? E o que pode fazer para mudar esta situação negativa para algo melhor?  Leia livros, pratique esportes. Estas atividades auxiliam na hora de relaxar e diminuir os níveis de estresse, o principal vilão no descontrole emocional.

Falta de paciência com os clientes “complicados”.  É essencial ter paciência quando for atender um cliente que está indeciso na hora de fechar a negociação ou aquele que  possui um humor mais “amargo” na hora de conversar. É fundamental para o corretor de imóveis manter o foco e a empatia no momento de realizar o atendimento ao cliente. Coloque-se no lugar da outra pessoa naquela situação. Sinta as apreensões e emoções que este indivíduo pode estar passando naquele determinado momento de sua vida. Este exercício lhe auxiliará a desenvolver seu senso de empatia pelo próximo.

Evitar tirar férias. Não negligencie as férias. Corretores de imóveis são profissionais liberais, por isso dependem diretamente do seu próprio desempenho. Porém não existe desempenho se não há foco e vontade de vencer. É necessário estruturar um planejamento anual que envolva um período para descanso e também a possibilidade de afastar-se um pouco do trabalho e curtir a vida pessoal, seja em família ou em casa sozinho.

A busca pelo equilíbrio emocional é um construção interna e pessoal. Conhecer os seus limites é um dos passos fundamentais para o equilíbrio emocional das pessoas. O corpo dá sinais de desequilíbrio emocional em situações de estresse ou descontrole, tais como, sudorese, nervosismo, irritabilidade, perda de foco, entre outros. Conhecendo os sintomas que antecedem a uma reação negativa, o profissional consegue controlar-se e recobrar os seus sentimentos de maneira equilibrada e correta. Aprenda a conhecer mais sobre os seus sentimentos, goste de estar na companhia de você mesmo e o mais importante: RESPEITE SUAS NECESSIDADES. Cada indivíduo possui características únicas que devem ser respeitadas. Isto fará com que você se sinta fortalecido.

Fonte: Comunidade Imobex

Idea!Zarvos lança imóvel de luxo em Higienópolis, São Paulo

Luxo, arquitetura, design e sustentabilidade se unem de uma forma simplesmente perfeita.

Idea Zarvos Itacolomi 445 fachada

Idea!Zarvos, ícone da arquitetura contemporânea e conhecida por apostar na estética e na busca por soluções urbanísticas e sustentáveis na construção de prédios únicos na região da Vila Madalena (São Paulo) , lança seu primeiro imóvel no bairro de Higienópolis.

Com apenas 6 unidades, todas duplex, com áreas a partir de 300m², sala de estar com pé-direito duplo e planta totalmente flexível, o Itacolomi 445 fica na rua Itacolomi, entre as ruas Alagoas e Sergipe, local privilegiado do tradicional bairro paulistano, ideal para quem quer fazer tudo a pé, desde dar uma volta na Praça Buenos Aires, ir para a academia ou jantar em um dos restaurantes bacanas de Higienópolis.

Além dos diferenciais que envolvem toda a criação do empreendimento, que foi um projeto doGrupo SP, um de seus diferenciais é a vantagem de ser um prédio novo, em uma região carente de lançamentos, e principalmente por suas várias vagas de garagem e depósitos, o que é raro no bairro, ja que muitos dos edifícios são antigos e deficientes nesses quesitos.

Conhecida por ser mais que uma incorporadora, a Idea!Zarvos é uma agência de ideias que reúne e gerencia parceiros para construção de edifícios de arquitetura contemporânea, que respeitem não apenas quem irá habitá-lo, mas também o vizinho, o bairro, a cidade. A agência se destaca por estudar e entender as transformações pelas quais a cidade está passando e busca identificar os desejos e necessidades das pessoas.

Idea!Zarvos possui também uma galeria com obras expostas e à venda, na Vila Madalena, local que costuma reunir arquitetos, urbanistas, empreendedores, artistas e pessoas com propostas inovadoras para debates e palestras com o propósito de incentivar a reflexão e ajudar a fomentar ideias que possam melhorar a qualidade de vida do bairro e, possivelmente, de toda a cidade.

Conheça mais detalhes sobre o Itacolomi 445 clicando aqui.

Idea Zarvos Itacolomi 445 piscina

Idea Zarvos Itacolomi quarto

Idea Zarvos Itacolomi fachada

Fonte: Blog Infinit e luxury

Móveis em acrílico proporcionam decoração suave, moderna e peças resistentes

Alternativa para unir modernidade e elegância pode estar nos móveis em acrílico, que apresentam versatilidade na composição de ambientes
Móveis em acrílico oferecem a impressão de espaço ampliado, por isso são grandes aliados em uma sala pequena ou cozinha americana (Divulgação/Rocha Andrade Arquitetura)
Móveis em acrílico oferecem a impressão de espaço ampliado, por isso são grandes aliados em uma sala pequena ou cozinha americana

Os móveis em acrílico são uma alternativa para proporcionar efeito visual moderno e elegante. Feitos com material de alta resistência, os móveis são também de baixo custo e proporcionam versatilidade na hora de compor os mais distintos ambientes. A transparência do acrílico também é uma vantagem para espaços menores, dando sensação de grandeza e amplitude.

Anteriormente utilizado apenas em pequenos objetos, o acrílico vem ganhando maior destaque na decoração de ambientes residenciais e comerciais. Referente a um material plástico, com técnicas modernas de produção, os móveis em acrílico realçam qualquer ambiente, conferindo elegância e referências contemporâneas. Atualmente, o acrílico substitui peças de materiais tradicionais, normalmente poltronas, mesas e cadeiras.

 (Divulgação/KTA)

A versatilidade dos produtos está também no design, cores e texturas. Entre objetos e mobiliários as possibilidades permitem produzir com transparências, diferentes cores, opacidades e estampas. Além disso, os móveis em acrílico podem misturar estilos e aumentar o valor estético da decoração. “Procuramos projetar espaços inteligentes, que acompanhem o momento de cada família, por meio do emprego de móveis coringas e versáteis”, declara a arquiteta Cristina Rocha, que criou em ambientes com móveis de acrílico para atender esta proposta.

Constituir espaços usando transparência completa é uma alternativa para os que querem resultados extremamente modernos. Estes objetos oferecem a impressão de espaço ampliado, por isso são grandes aliados em uma sala pequena ou cozinha americana. Com o acrílico, os ambientes se tornam mais clean, proporcionando leveza ao mesclar com peças de outros materiais, como madeira e vidro.

Fonte: Lugar Certo – Arquitetura e Decoração

Descubra quais as tendências de arquitetura e design de interiores

Luis Rasquilha, CEO da AYR e especialista no mercado de inovação e criatividade, apresenta cinco tendências e insights para as casas

Era 11 de setembro quando profissionais do universo da arquitetura, do design e da decoração se reuniram no Hotel World Trade Center (WTC), de São Paulo, para assistir a uma palestra com um dos designers mais conceituados do mundo, o mestre Alessandro Mendini. O palestra era um dos eventos que compunham a programação do CASA COR STARS 2013. Diante da expectativa pela chegada do italiano, a palestra de abertura, proferida por Luis Rasquilha, tinha tudo para ser ofuscada, não fosse o conteúdo surpreendente que encantou os presentes. CEO da AYR – uma Consultoria de Inovação Estratégica –, Rasquilha fez uma apresentação intitulada Tendências & Insights de arquitetura e design de interiores, na qual defendeu que cinco são as macrotendências que nortearão o mercado do setor nos próximos anos: Live the city, Design WOW, Ecossustentabilidade, Storytelling e Insperiences. Na galeria a seguir, explicamos cada uma dessas macrotendências do mercado de arquitetura e design e apresentamos produtos que as carregam.

Tendência Live the city: o cidadão não quer apenas habitar a cidade; também deseja modificá-la. A Gum Wall, em Seattle, nos Estados Unidos, é uma parede do Market Theater repleta de chicletes. A decoração inusitada surgiu espontaneamente: enquanto esperavam na fila, o público começou a grudar os chicletes na parede. O teatro acabou se tornando uma atração turística.
Tendência Live the city: o cidadão não quer apenas habitar a cidade; também deseja modificá-la. No Brasil, o Beco do Batman, na Vila Madalena, em São Paulo, é um exemplo de modificação do espaço público por moradores.
Tendência Design WOW: o design já não tem apenas a função de decorar os ambientes, também deve ser funcional e facilitar a vida do consumidor. Este home office, por exemplo, surgiu do aproveitamento do vão entre a estrutura do telhado e o teto do quarto.
Tendência Design WOW: o design já não tem apenas a função de decorar os ambientes, também deve ser funcional e facilitar a vida do consumidor.
Ecossutentabilidade: mais do que conservarem a natureza, os produtos devem induzir uma modificação na relação do homem com a natureza. Um dos produtos apresentados por Luis Rasquilha foi o Waterpebble, uma espécie de ralo para a área do banheiro. Caso quem esteja tomando banho demore muito tempo, ele muda de cor, alertando o consumidor a acelerar.
Ecossutentabilidade: mais do que conservarem a natureza, os produtos devem induzir uma modificação na relação do homem com a natureza. Na imagem, a Elithis tower, em Dijon, na França, que produz toda a energia que consome.
Storytelling: para um produto sobreviver no mercado, é necessário que ele conte uma história, seja carregado de simbologias com as quais o consumidor se identifique. O vinho O Seu Calheiro Cruz apresenta esta característica segundo Luis Rasquilha. O produto permite que, em sua rolha, seja estampada o nome da pessoa com quem o vinho foi dividido, ou seja, que guarde a história vivida durante seu consumo.
“Insperiences”: os produtos devem manter uma experiência íntima com os consumidores, dialogar com sua alma. O Koan Float permite que o consumidor tenha uma experiência singular consigo mesmo: trata-se de uma espécie de piscina que simula o Mar Morto e promete relaxamento.
“Insperiences”: os produtos devem manter uma experiência íntima com os consumidores, dialogar com sua alma. Outro produto que permite uma verdadeira experiência interior é a Healing Theater Umine, que funciona como uma luminária que projeta no ambiente o fundo do mar.

Conheça as novas tendências do mercado imobiliário

f2f4b947-f9b5-4126-b801-8bf950653aaa

O mercado imobiliário brasileiro continua quente. Bons negócios estão acontecendo e os preços não param de subir. O último relatório do Índice FipeZap comprova: a valorização do metro quadrado dos imóveis anunciados no Brasil entre janeiro e julho foi mais do que o dobro da inflação medida pelo IPCA para o período. Enquanto o IPCA subiu 3,2% em 2013 até agora, o preço do metro quadrado anunciado aumentou 7,3%.

Ou seja: quem apostou em investir em imóveis obteve um retorno real do seu patrimônio, em uma fase especialmente difícil do mercado financeiro, na qual poucas aplicações andam valendo realmente a pena. O mercado paulista está ainda mais aquecido: os preços dos imóveis na cidade registraram alta de 13,9% na cidade nos últimos 12 meses.

Se você se animou, conheça as maiores tendências para a compra e venda de imóveis do momento e saia lucrando!

Apartamentos menores

A capital paulista vem vivendo uma queda enorme no número de lançamentos de apartamentos de grande metragem. A moda agora são os apartamentos pequenos. Segundo pesquisa do Secovi-SP, houve uma queda de 63,6% no número de lançamentos de três e quatro dormitórios em São Paulo, enquanto os de um e dois dormitórios subiram 45,2%. A área média dos lançamentos diminuiu 28% entre 2007 e 2012, saindo de 102,33 para 73,24 metros quadrados.

Este fenômeno é explicado pelo avanço dos preços e pela piora do trânsito em São Paulo. Cada vez mais pessoas e famílias pequenas têm optado por uma boa localização em um imóvel menor.

Serviços pay per use

Com tanto trânsito, horários de trabalho malucos e encarecimento dos empregados domésticos, muitos lançamentos têm apostado no oferecimento dos chamados serviços “pay per use”, realizados dentro do próprio imóvel e não inclusos na taxa do condomínio. Os serviços contam com lavanderias coletivas, serviços de saúde e beleza e até serviços para pets.

Centro valorizado

A revitalização da região central de São Paulo tem aumentado a demanda por imóveis no centro, com diminuição dos estoques de imóveis nesta localização. O centro tem gerado cada vez mais interesse e os lançamentos tem sido sucesso de vendas. Com este fenômeno, alguns bairros têm se tornado “sonhos de consumo”, como a Bela Vista, Baixo Augusta, Brás e Liberdade.

Fonte: Esser Invest – Por Carolina Ruhman Sandler