Corretor de imóveis – Veja como atrair mais clientes para seu negócio.

Sempre recebo perguntas de corretores de imóveis de como atrair clientes sem fazer um grande investimento.
Existem varias formas de divulgar seu negócio mas os primeiro passos são: definir seu orçamento para publicidade, analisar o seu publico alvo e traçar um planejamento estratégico de como atingi-lo.

Selecionei algumas dicas de como divulgar seus serviços sem gastar muito.

Repita o que funciona: Procure entre seus colegas ações que foram feitas e que surtiram resultados, separe as que se enquadram a seu perfil e reaplique novamente.

Indicações: é o modo mais barato de conseguir clientes, quando eu trabalhava vendendo Enciclopédia Barsa sempre que atendia um cliente mesmo se ele não comprasse eu costumava pedir 5 indicações de amigos que possivelmente precisassem de uma enciclopédia, Com isso sempre tinha clientes para atender e sem contar que é mais fácil vender quando você é indicado.

Cartão de visitas:  o cartão de visitas é fundamental para um profissional que quer ter sucesso, não use aqueles cartões pré prontos que as empresas costumam dar, crie os seu cartão personalizado, mas não se apegue a eles, Lembre-se de que foram feitos com a intenção de divulgar informações sobre o seu negócio e o seu contato. Guarde apenas um como referencia para futuras reproduções.

Internet:  a internet cada vez atrai mais pessoas que estão a procura de um imóvel e é fundamental que você esteja na rede. Procure criar um perfil em redes sociais pois assim o cliente pode te encontrar com mais facilidade.

Site: É importante que você também tenha um site, pois a maioria dos clientes fazer pesquisas na rede antes de sair a procura de um imóvel. Alem de facilitar a sua vida na hora de passar as informações sobre suas ofertas para os seus clientes. Mas também não adianta ter um website se você não inserir imóveis com fotos e informações detalhadas,  afinal o cliente que ver o imóvel antes de visitá-lo.

Folhetos na rua: É um meio que não exige alto investimento em criação e produção e pode estar presente nas mãos do seu cliente em potencial. Ainda vale a pena.

Pós venda: não deixe de manter contato com seus clientes pois todo mundo tem um amigo querendo comprar, vender ou alugar um imóvel. E se você fez um bom trabalho, se esse cliente precisar com certeza vai te procurar.

Autor: Rony de lima meneses,
Responsavel pelo Blog Marketing e Publicidade Imobiliária

Cultivo de horta agora pode ser no quintal de casa ou dentro do apartamento

Em casa grande ou pequena, o cultivo de horta residencial não exige grandes espaços e atrai, cada vez mais, a atenção dos moradores na hora de compor a casa.
Na sacada do apartamento, na área de serviço ou até na parede da cozinha é possível ter uma pequena horta cultivada em vasilhas customizadas (Lola Home/Divulgação)
Na sacada do apartamento, na área de serviço ou até na parede da cozinha é possível ter uma pequena horta cultivada em vasilhas customizadas

Uma produção orgânica de manjericão, salsa, cebolinha e até plantas maiores como couve e tomate podem fazer parte de sua casa e, além de ser ingredientes úteis para a cozinha, podem ser construídos em qualquer canto da residência. Seja apartamento ou casa, manter uma pequena horta já se tornou comum nas grandes cidades.

A boa notícia é que cultivar uma horta vistosa é uma atividade relativamente simples e não exige grandes espaços. Até mesmo na sacada de um apartamento, na área de serviço ou até na parede da cozinha é possível ter uma pequena plantação cultivada em vasilhas customizadas. Disposição e delicadeza já são suficientes para trazer o verde e o sabor saudável, sem agrotóxicos, para mais perto de seu do dia a dia.

 (Lola Home/Divulgação)
(Lola Home/Divulgação)

Para a bióloga Camilla Rosa, os cuidados com a horta em casa podem se transformar em um verdadeiro hobbie e um momento de relaxamento. “Para mim, o maior encanto de se cuidar de uma hora é acompanhar, aos poucos, o desenvolvimento das plantas. Enxergar os resultados de algo que você fez”, destaca.

 (Lola Home/Divulgação)
(Lola Home/Divulgação)

Quem pretende experimentar cultivar uma horta em pequenos espaços, a bióloga aconselha procurar um local que possa receber a luz do sol. “Separe as espécies de acordo com a necessidade de receberem o sol, formando grupos de plantas. Divida o vaso ou o canteiro para receber os grupos das espécies. O grupo que gosta de muito sol deve ficar na parte do vaso que mais recebe incidência solar”, explica a bióloga.

 (Lola Home/Divulgação)
(Lola Home/Divulgação)

Para plantar, basta escolher o formato do recipiente que melhor se adapta ao espaço, inserir a muda ou sementes em uma pequena cavidade na terra e, em seguida, regue diariamente, no início da manhã ou à noite, para que o sol não cozinhe as plantas. “A montagem do ambiente para cultivo pode se assemelhar com os vasos de jardins verticais. O vaso pode ser de qualquer design, o importante é que ele contenha os furos no fundo. Se quiser colocá-las na parte interna da residência, prefira plantar temperos, mas as plantas também podem mudar conforme as estações”, ressalta.

 (Lola Home/Divulgação)
(Lola Home/Divulgação)

Entre os temperos que ficam ótimos em uma horta dentro de casa, estão: salsinha, cebolinha, pimenta, cenoura, alface, manjericão e hortelã. Pimentas, tomates, berinjela, milho e abóboras são amante do sol. Hortaliças como camomila, cebolinha, coentro e orégano precisam de seis horas diárias de sol; saladas verdes, como acelga, alface, rúcula, escarola e agrião necessitam de três horas diárias de sol. Se usar mudas, cuidado para não umedecê-las demais, provocando seu apodrecimento.

(Lola Home/Divulgação)
 (Lola Home/Divulgação)
(Lola Home/Divulgação)

Fonte: Por Diane Lourenço – Correioweb

Centro de eventos projetado por Foster and Partners será inaugurado na Escócia

Empreendimento, com capacidade para 25 mil pessoas, terá a capacidade de transmitir os shows que estão acontecendo no seu interior pela sua fachada
Divulgação: Foster + Partners
Divulgação: Foster + Partners
Divulgação: Foster + Partners

Inaugurada nesta segunda-feira (30/9), a SSE Hydro é o novo projeto do escritório inglês Foster + Partners. O edifício, que fica em Glasgow, na Escócia, é considerado a maior arena para eventos da Escócia, com capacidade para abrigar 25 mil pessoas, doze mil sentadas e treze mil em pé.

O empreendimento terá a capacidade de transmitir os shows ou eventos que estão acontecendo no seu interior pela sua fachada, que conta com um sistema de iluminação de última geração. Além disso, para não gastar muita energia elétrica, o edifício conta com o sistema de ventilação mecânica, que facilita a entrada da luz solar para dentro do centro de eventos.

O palco, situado no meio do complexo, será inclinado para facilitar a visão do público por todos os lados. A cobertura do empreendimento conta com 1.400 toneladas de aço.

O SSE Hydro está integrado com o transporte público da região. A inauguração contará com um show do cantor inglês Rod Stewart. Além de shows e concertos, a arena sediará a Ginástica Artística e o Netball na Commonwealth Games, que será realizada em 2014.

“Ficamos muito satisfeitos por ter a oportunidade de trabalhar neste projeto e neste país, mais uma vez, quase 18 anos depois que fomos contratados para projetar o Clyde Auditorium. O projeto SSE Hydro foi realizado com muito esforço por nossa equipe. É fantástico ver a arena ganhando vida para o seu primeiro concerto”, afirma Spencer de Grey, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto.

Fonte: Por Rodrigo Souza – Portal PINIweb

Governo eleva para R$ 750.000 teto do imóvel financiado pelo FGTS

Antes limite do valor do imóvel era de R$ 500.000. Elevação é discutida há meses pelo governo devido à valorização imobiliária em determinadas regiões
Vista dos prédios da região da Avenida Paulista, São Paulo
Vista dos prédios da região da Avenida Paulista, São Paulo
FGTS: Teto de R$ 750 mil valerá só para SP, RJ, MG e Distrito Federal (Antônio Milena/AE)

O governo decidiu elevar o valor máximo de compra de imóveis com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de 500 mil reais para 750 mil reais nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal.

Nos demais estados, o teto passará de 500.000 para 650.000 reais, conforme decisão tomada em reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) nesta segunda-feira.

Essa elevação vinha sendo discutida por entidades do setor imobiliário com o governo há meses. Em julho, a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) havia comentado que esse teto iria subir ainda este ano.

O governo não acredita que a medida impulsione os preços dos imóveis. Isso porque o aumento do teto, em porcentual, é inferior à valorização dos apartamentos e casas no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal desde 2009, ano em que o teto para aquisição de imóveis com uso do FGTS subiu de 350 mil para 500 mil reais. “Não tememos aumento dos preços dos imóveis. Os preços subiram bem fortemente alguns anos atrás e agora estão estabilizados e crescem em ritmo moderado e adequado à economia brasileira”, disse o chefe-adjunto do Departamento de Normas do Banco Central, Júlio Carneiro.

O FGTS foi criado na década de 1960 e consiste em um depósito compulsório do empregador de valor equivalente a 8% do salário de cada funcionário numa conta vinculada ao trabalhador. O dinheiro pode ser resgatado para compra da casa própria ou no caso de demissão sem justa causa.

O CMN manteve a regra que determina que o financiamento não pode ultrapassar 90% do valor do imóvel caso o contrato seja feito pelo Sistema de Amortização Constante (SAC) – que diminui a dívida mais rapidamente no início do contrato. Nas demais modalidades de financiamento, o limite é de 80% do valor do imóvel.

Com essas alterações, o BC avalia que deverá haver uma pequena redução das taxas de financiamento cobradas pelas instituições financeiras que não fazem parte do Sistema Financeiro da Habitação (SFH).  A medida vale a partir de 1º de outubro deste ano e não é retroativa a contratos já assinados no âmbito do SFH.

Fonte: Revista Veja – com agência Reuters

Que tal viajar até o espaço em um balão ?

As viagens de luxo não são o bastante para você? Já pensou em uma indescritível aventura de luxo, onde nem o céu é o limite ? ma das mais novas opções deste tipo de aventura é oferecido pela empresa Zero2Infinity, uma compatriota de Cervantes.

Há alguns séculos atrás, mais precisamente no século 16, quando o escritor espanhol Miguel de Cervantes criou a expressão: “O céu é o limite”, com toda certeza ele nem passava por seus mais absurdos pensamentos, que no futuro as pessoas poderiam comprar passagens para admirar a vista do planeta Terra de fora dele.

Em 2013 acontecerá o primeiro lançamento, mas já é possível comprar as passagens pela pequena bagatela de R$ 254 mil. A experiência durará apenas duas horas e os lançamentos serão feitos durante a noite para que os tripulantes tenham o privilégio de presenciar o nascer do sol de fora da Terra, sem dúvida uma paisagem que será agraciada por poucos.

Desafiando famoso Miguel de Cervantes, e sua frase célebre, a companhia Zero2Infinity, inovou completamente o mercado de luxo, oferecendo viagens espaciais a bordo de um balão. O balão pode chegar a 36 mil metros de altura, alcançando a estratosfera.

O Bloon já foi lançado experimentalmente duas vezes. Nas duas ocasiões, os tripulantes eram bonecos. A maior altura atingida nos testes foi de 32,9 mil metros. O projeto está sendo desenvolvido desde 2009.
O veículo, recebeu o nome de balão Bloon, é inflado com gás Hélio e puxa uma pequena cabine com grandes áreas envidraçadas, onde viajam até quatro passageiros e dois pilotos treinados para dar todas as informações fundamentais para que os aventureiros possam desfrutar de cada detalhe da experiência sensacional.

Mesmo mantendo os princípios básicos e simples, tecnologia é o que não falta no balão. No elo de ligação entre o Bloon e a cabine há dispositivos de comunicação e localização e um sistema de pouso de emergência. Além disso, há neste ponto também um compartimento que leva um grande paraquedas, responsável por trazer os passageiros em segurança ao solo, de acordo com o gosto do cliente. A empresa Zero2Infinity oferece a opção de experimentar uma queda livre por 25 segundos, ou percorrer a distância tranquilamente, aproveitando o cenário esplêndido.

Fonte: Blog Mundo de Luxo