Passar o Réveillon no Brasil pode custar até R$ 81 mil

Pacotes dos hotéis cinco estrelas do Rio de Janeiro têm preços semelhantes aos praticados em alguns dos melhores hotéis da Europa e Estados Unidos
7
No Copacabana Palace, o pacote de cinco noites na cobertura, com vista para o mar, sai R$ 77 mil . Foto: Divulgação

Passar o Réveillon com vista para o Hyde Park, em Londres, ou para o Central Park, em Nova York, pode sair mais barato do que ver o espocar dos fogos de artifício em um dos hotéis de luxo do Rio. NoCopacabana Palace, por exemplo, o pacote de cinco noites na cobertura, com vista para o mar, sai R$ 77 mil (o equivalente a R$ 15.400 por dia). Valor semelhante ao praticado pelo hotel-palácio parisiense Le Meurice, cuja suíte prestigie, com vista para o Jardim das Tuileries, sai 5.630 euros (R$ 17.382) na virada do ano, ou pelo Four Seasons londrino, onde é cobrado o equivalente a R$ 13.869 por um quarto de 103 m² com vista para o Hyde Park. Continue lendo…

Aluguel sobe acima do IGP-M em São Paulo

Em 12 meses, alta acumulada dos novos contratos na capital paulista é de 9,15%, acima do indicador mais utilizado para o reajuste anual do aluguel

Os novos contratos de aluguel residencial tiveram alta de 0,5% na cidade de São Paulo em outubro na comparação com setembro, de acordo com dados do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). No acumulado em 12 meses, a alta apurada foi de 9,15%.

Continue lendo…

Brasília em Construção por Marcel Gautherot

© Marcel Gautherot
© Marcel Gautherot

Brasília, a capital federal do Brasil, foi projetada pelo arquiteto-urbanista Lúcio Costa – inicialmente – para 500 mil habitantes (atualmente possui mais de dois milhões). Sua construção iniciou-se em 1956 e contou com inúmeros edifícios desenhados pelo nosso arquiteto Oscar Niemeyer. Brasília é a única cidade do século XX declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Continue lendo…

Versátil e funcional, o cinza é cor curinga e se torna bom aliado da decoração

Tonalidade inova nos ambientes e agrada quem privilegia um estilo moderno e urbano. Pode ser usada em paredes, móveis, tecidos ou adornos
 (Divulgação/Henrique Queiroga)
(Divulgação/Henrique Queiroga)

Cinza é a expressão de neutralidade. Cor intermediária entre o branco e o preto, ainda que em determinadas culturas é associada à tristeza (dias cinzentos), na decoração é o tom do momento. Aceita todas as combinações e de baixo astral não tem nada. É a cor base ideal para brincar e ousar com todas as outras, sem medo. Aliás, ela também é sinônimo de independência, autocontrole, sucesso e estabilidade. O cinza oferece equilíbrio e flexibilidade. No design é exaltado por ser versátil. E está mais do que nunca em alta. Continue lendo…

A arte de vender um imóvel

Tarefa difícil essa de comprar um imóvel. Difícil porque a compra de um imóvel não é como a compra de uma calça jeans – que caso fique grande, o cliente ajusta, caso pequena, troca! Por outro lado, ainda comparando a calça jeans, ele deve se ajustar ao seu cliente – ser ‘vestido’ e caber exatamente no corpo – e aqui lemos ‘caber no seu corpo’: estando dentro da necessidade de tamanho, localização, lazer, conforto e claro – estar de acordo com o valor desejado para o investimento.

Continue lendo…

Da feira para mesa

Veja três móveis lindos feitos com paletes reaproveitados
 (Foto: Dulla/Casa e Jardim)
(Foto: Dulla/Casa e Jardim)

Eles são muito usados nas feiras livres, mercados e no transporte de mercadorias. Mas os paletes podem também render um bom móvel improvisado para a sua casa. Facilmente eles se transformam em mesas de centro econômicas e sustentáveis. Se tiverem rodinhas, são ainda mais práticas e, com cor, levantam a decoração. Veja exemplos em três salas de diferentes estilos: Continue lendo…

Aluguel aumenta 0,5% na Capital em outubro

No acumulado dos últimos 12 meses, variação é de 9,15%, segundo pesquisa do Secovi-SP

Os contratos de locação residencial assinados em outubro de 2013 na cidade de São Paulo apresentaram um aumento médio de 0,5% em relação a setembro, aponta pesquisa mensal realizada pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Já em relação a outubro de 2012, a variação atinge 9,15%, percentual superior à elevação do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) do período, de 5,27% (arredondado para 5,3% no gráfico abaixo). “É certo que nos próximos meses o aluguel continuará subindo acima do IGP-M, no acumulado de 12 meses, mas essa diferença já foi bem maior. Em agosto, por exemplo, eram 6 pontos percentuais; em outubro, de 3,9%”, compara Walter Cardoso, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP.

Continue lendo…

Projeto de iate com design luxuoso propõe moradia na parte interna

Interior do iate se assemelha a um condomínio ou hotel de alto padrão, incluindo áreas sociais, de serviços, quartos e suítes sofisticadas, além de zonas externas, com decks, terraços e mirantes
(Divulgação/Zaha Hadid)

O setor naval é um dos que mais progressos assistiu nas últimas cinco décadas. A incorporação da tecnologia nos cascos, no desempenho, nos motores e propulsões, na hidrodinâmica e aerodinâmica, nos comandos, simuladores e softwares, para citar apenas alguns exemplos, promoveu uma verdadeira revolução nesta área. Pegando carona, a arquitetura e o design de interiores também se especializaram, e agora contribuem ativamente na concepção de transportes marítimos.

Continue lendo…

Ana Lúcia Niemeyer assina o projeto da Casa do Músico, no Rio de Janeiro

Edifício de 12 andares deverá amparar e promover o músico profissional. Arquiteta ainda busca apoio financeiro para patrocinar a proposta

A arquiteta Ana Lúcia Niemeyer, neta de Oscar Niemeyer, assina em parceria com Jair Valera o projeto de uma nova casa de espetáculos no Rio de Janeiro, chamada de “Casa do Músico”. A proposta conta com o apoio de artistas como Alcione, Sandra de Sá, Ivan Lins, Wagner Tiso, Frejat e Téo Lima.

Continue lendo…

Corretor de imóveis deve agir com prudência na negociação

Profissional não deve fazer promessas que não poderá cumprir, sob pena de responder judicialmente, afirma especialista.

A legislação deu destaque ao dever de informação e de advertência sobre os riscos do negócio. Afinal, a cada dia, o tempo das pessoas é mais escasso, exigindo-se do profissional capacitado o repasse de todas as informações possíveis.

Continue lendo…