Copa do mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 estimulam busca de imóveis no Rio de Janeiro

Copa do mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 estimulam busca de imóveis no Rio de Janeiro

Muitos não abrem mão de morar em uma cidade litorânea. Outros fazem questão de estar em uma capital, com grandes oportunidades de crescimento. A cidade maravilhosa oferece isso e muito mais, principalmente para quem está de olho no mercado imobiliário. No final do ano, então, cresce bastante a procura por imóveis na cidade maravilhosa.

Estudo recente aponta que a capital Rio de Janeiro aparece em primeiro lugar entre as cinco mais visadas no Estado RJ seguida pelas cidades de Niterói, São Gonçalo, Rio das Ostras e Cabo Frio.
A pesquisa foi realizada pelo Portal VivaReal, que recebe 4 milhões de visitas mensalmente e tem mais de 1,2 milhões de imóveis anunciados. Mais de 700 mil anúncios são de imóveis do Rio de Janeiro e cerca de 470 mil visitas são de moradores da região.
O comportamento de busca por imóveis mostra que tanto a grande Rio de Janeiro, quanto a capital apresentaram 72% de interessados em compra de residências, contra 28% que preferem a opção aluguel.

Também com resultados semelhantes, fica a busca por tamanhos de apartamentos, com a preferência pelos de 50 a 80 m² (35%), os entre 80 e 120m² (23%) e, praticamente empatados em terceiro, os de até 50 m² (15%) e entre 120 e 180m² (14%).
Quanto ao total de dormitórios, a cidade do Rio de Janeiro registra 47% de interessem em imóveis com 2 dormitórios, 29% com 3 dormitórios e 14% com apenas 1 dormitório.

Quando o assunto é o preço do imóvel na capital carioca, 200 mil a 500mil são a primeira opção, com 37,6% das respostas. Já os apartamentos entre 100 mil e 200 mil registram 29% das intensões de compra e os até 100 mil ficam com apenas 10% das buscas.
As faixas de aluguel pesquisadas possuem grande variação, com os de até R$799 em primeiro lugar, com 30%, seguido dos entre 2500 e 4999 reais, com 24%.

Os locais mais buscados na capital são bairros com preços intermediários de imóveis, sendo os cinco preferidos: Copacabana (7,9%), Barra da Tijuca (7,3%), Campo Grande (7,3%), Recreio dos Bandeirantes (6,3%) e Botafogo (3,1%).
O levantamento também analisou os cinco bairros mais caros – Leblon, Ipanema, Lagoa, Gávea e Jd. Botânico – e as cinco vizinhanças mais baratas – Realengo, Madureira, Campo Grande, Bento Ribeiro e Quint. Bocaiuva.

A capital atrai a atenção de moradores de outras 10 cidades: Niterói, São Paulo, Belo Horizonte, São Gonçalo, Brasília, Porto Alegre, Salvador, Nova Iguaçu, Duque de Caxias e Fortaleza.

Porque a cidade do Rio de Janeiro?

Com uma paisagem única, considerada inclusive, em 2012, Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, é hoje a segunda maior cidade do Brasil, perdendo apenas para São Paulo, mas é a primeira colocada na rota de turismo internacional no país, na América Latina e no Hemisfério Sul.
Entre seus destaques estão pontos turísticos famosos Pão de Açúcar, morro do Corcovado, Cristo Redentor, suas praias e florestas, o estádio Maracanã, a Biblioteca Nacional, além de grandes eventos internacionais, como as feiras internacionais dos livros, bienais, festivais de filmes, festa de réveillon, entre outras

A cidade será uma das sedes dos Jogos Olímpicos de 2016, dos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2016 e da Copa do Mundo de 2014.
Além de seu âmbito turístico e cultural, a capital carioca é o segundo maior PIB brasileiro também e um polo de novos estudos científicos.

Fonte: Imobi News

Leave a Reply

copa-do-mundo-de-2014-e-olimpadas-de-2016-estimulam-busca-de-imveis-no-rio-de-janeiro-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: