Conselho quer separar grupo Gafisa e listar Tenda

Plano que prevê que Gafisa e Tenda sejam listadas em separado na bolsa, reforçando a geração de valor para a incorporadora
Empreendimento Tenda: Gafisa informou que o Conselho aprovou a divisão das estruturas administrativas como primeiro passo para facilitar os estudos de separação

Empreendimento Tenda: Gafisa informou que o Conselho aprovou a divisão das estruturas administrativas como primeiro passo para facilitar os estudos de separação

São Paulo – O Conselho de Administração da Gafisa autorizou estudos para potencial separação dos negócios Tenda, voltado à baixa renda, e Gafisa, que atua na média-alta renda, dentro de um plano que prevê que ambas sejam listadas em separado na bolsa, reforçando a geração de valor para a incorporadora.

Os planos dão prosseguimento à reestruturação da companhia iniciada há dois anos, na sequência da venda de 70 por cento da divisão de loteamentos urbanos de alto padrão Alphaville para os fundos Pátria e Blackstone em junho, numa operação concebida para diminuir o endividamento da empresa.

Em fato relevante divulgado nesta sexta-feira, a Gafisa informou que o Conselho aprovou a divisão das estruturas administrativas como primeiro passo para facilitar os estudos de separação. Esta fase deverá durar 90 dias, após os quais o atual presidente-executivo da Gafisa, Duilio Calciolari, deixará o cargo.

Se a proposta for aprovada pelo Conselho e pelos acionistas em assembleia geral, a expectativa é que o desmembramento dos dois negócios seja concluído em 2015, com solicitação à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para que as ações da Tenda sejam negociadas em bolsa, com listagem no Novo Mercado.

“Acredito que a nova estrutura permitirá a cada unidade de negócio atingir seu pleno potencial e gerar valor adicional para os acionistas”, disse Calciolari no comunicado.

“Tendo concluído o processo de virada, eu sinto que este é o momento oportuno para completar um ciclo de liderança de sucesso na Gafisa”, completou o executivo.

Sandro Gamba, atual diretor-executivo de Gafisa, será o presidente-executivo de Gafisa, e Rodrigo Osmo, diretor-executivo de Tenda, será presidente da Tenda, informou a Gafisa.

A companhia conta com assessoria financeira do banco Rothschild no processo.

Fonte: Exame – Por 

Leave a Reply

conselho-quer-separar-grupo-gafisa-e-listar-tenda-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: