Preços dos imóveis desaceleram pelo quarto mês seguido

Preços dos metros quadrados de imóveis à venda sobem menos que a inflação esperada em doze das 16 cidades monitoradas no mês de março
Pontes: vista aérea de Porto Alegre
Porto Alegre: preços dos imóveis à venda na capital gaúcha caíram mais de 1% em março

São Paulo – Os preços dos imóveis brasileiros à venda continuam a desacelerar. Pelo quarto mês seguido, os valores dos imóveis anunciados subiram, em março, menos que ainflação esperada para o período. Continue lendo…

Casa com vidro: na copa das árvores e rodeada de Mata Atlântica

A casa de praia em Ubatuba deixa entrever um cenário de tirar o fôlego – árvores e muita beleza nativa do litoral de São Paulo
Delineada no piso com cimento e Pó Xadrez (Lanxess), a estrela que simboliza os pontos cardeais é a atração do estar. O detalhe homenageia o proprietário, piloto de helicóptero. Renata acompanha o marido em esportes, como surfe e mergulho, que praticam no mar, a 80 m da residência. A casa tem projeto de André Guidotti.
Delineada no piso com cimento e Pó Xadrez (Lanxess), a estrela que simboliza os pontos cardeais é a atração do estar. O detalhe homenageia o proprietário, piloto de helicóptero. Renata acompanha o marido em esportes, como surfe e mergulho, que praticam no mar, a 80 m da residência. A casa tem projeto de André Guidotti.

Filtrada pela mata, a luz entra à vontade, pois não há cortinas pelo caminho.Sem elas, o refúgio se conserva integrado à paisagem, que presenteia os moradores com cenários incríveis tanto de dia, sob o sol, quanto à noite, regado pelo luar. “Sempre desejei uma casa inserida por inteiro na natureza. Isso se reflete até nos materiais, sustentáveis e abundantes na região. Tínhamos grande reocupação em ocupar o espaço sem erguer uma estrutura que fosse chocante para o entorno”, detalha Américo Júnior, proprietário e amigo de longa data do arquiteto André Guidotti, autor do projeto. A busca do terreno ideal foi o primeiro desafio.

Para ganhar área sem se elevar muito, a casa se espalha em quatro meios-níveis. O recurso atendeu, ainda, ao desejo do morador de permanecer bem à altura da copa das árvores. Projeto de André Guidotti.
Para ganhar área sem se elevar muito, a casa se espalha em quatro meios-níveis. O recurso atendeu, ainda, ao desejo do morador de permanecer bem à altura da copa das árvores. Projeto de André Guidotti.

Afinal, perto do mar, as exigências construtivas para garantir o equilíbrio ecológico são numerosas. “Usamos apenas 30% do lote a fim de interferir o mínimo possível na área. A construção se acomoda numa clareira já existente no local, algo que também contribuiu para causarmos o menor impacto”, conta André. Além da estrutura de madeiras de reflorestamento, mais soluções despontam como inteligentes decisões verdes. O conforto térmico da suíte, por exemplo, está assegurado graças a uma medida simples: o duto exaustor do fogão a lenha passa por uma de suas paredes, o que aquece o ambiente em dias frios.

Palco para jogar conversa fora e saborear refeições preparadas no fogão a lenha, a varanda principal é um dos ambientes mais concorridos, com cobertura de vidro que protege da chuva, mas libera a visão do céu. A cor das paredes externas é artesanal – massa de cimento branco, areia e Pó Xadrez, protegida por resina impermeabilizante.
Palco para jogar conversa fora e saborear refeições preparadas no fogão a lenha, a varanda principal é um dos ambientes mais concorridos, com cobertura de vidro que protege da chuva, mas libera a visão do céu. A cor das paredes externas é artesanal – massa de cimento branco, areia e Pó Xadrez, protegida por resina impermeabilizante.

Outro recurso útil consiste em aparafusar os fechamentos de vidro do lado de fora das esquadrias – isso protege a madeira e evita a criação de nichos em que insetos indesejados poderiam se instalar. Já as telhas de fibrocimento receberam uma camada de pintura látex na cor palha, saída que ameniza o calor e dificulta a impregnação de sujeira. “Apesar de simples, ou talvez justamente por isso, esta casa foi planejada para ser básica e duradoura, como a boa e velha combinação de tênis, jeans e camiseta. Daqui a 20 anos, quando fizermos uma foto, tenho certeza de que ela continuará atual”, acredita Júnior.

A suíte máster está na parte mais alta da construção. O quarto repete os elementos comuns a esse projeto de André Guidotti: cimento queimado, vidro e muita madeira.
A suíte máster está na parte mais alta da construção. O quarto repete os elementos comuns a esse projeto de André Guidotti: cimento queimado, vidro e muita madeira.
No banheiro, a bancada de mármore branco pinta verde (Gramartins) faz par com as pastilhas cerâmicas. Resguardado pela mata, o boxe envidraçado cria uma impressão de banho ao ar livre. Projeto de André Guidotti.
No banheiro, a bancada de mármore branco pinta verde (Gramartins) faz par com as pastilhas cerâmicas. Resguardado pela mata, o boxe envidraçado cria uma impressão de banho ao ar livre. Projeto de André Guidotti.
De volta ao térreo, na cozinha, janelas basculantes trazem luz e deixam a brisa circular. Projeto de André Guidotti.
De volta ao térreo, na cozinha, janelas basculantes trazem luz e deixam a brisa circular. Projeto de André Guidotti.
No patamar da escada, entre a sala e o quarto do casal, pausa para um descanso na rede. Projeto de André Guidotti.
No patamar da escada, entre a sala e o quarto do casal, pausa para um descanso na rede. Projeto de André Guidotti.
Entre a sala e a varanda, o clima é despojado: a madeira da estrutura confere aconchego, ao mesmo tempo que o cimento queimado oferece praticidade na hora da limpeza. No lado externo, deck de cumaru. Para proteger toda a madeira à mercê das intempéries, aplicou-se stain Osmocolor (Montana). Projeto de André Guidotti.
Entre a sala e a varanda, o clima é despojado: a madeira da estrutura confere aconchego, ao mesmo tempo que o cimento queimado oferece praticidade na hora da limpeza. No lado externo, deck de cumaru. Para proteger toda a madeira à mercê das intempéries, aplicou-se stain Osmocolor (Montana). Projeto de André Guidotti.
Do lado de fora, percebe-se a naturalidade com que a fachada da /casa se insere na vegetação. O cuidado de elevar as lajes do solo (para fugir da umidade) também fica explícito aqui: a fundação com sapatas isoladas serve de apoio para o esqueleto erguido com eucalipto-citriodora e muiracatiara, espécies fartas na região, onde se ergue esse projeto de André Guidotti.
Do lado de fora, percebe-se a naturalidade com que a fachada da /casa se insere na vegetação. O cuidado de elevar as lajes do solo (para fugir da umidade) também fica explícito aqui: a fundação com sapatas isoladas serve de apoio para o esqueleto erguido com eucalipto-citriodora e muiracatiara, espécies fartas na região, onde se ergue esse projeto de André Guidotti.
Passado o portão, o piso de granito rústico conduz à entrada e compõe a base das alvenarias. Ao redor da construção, o pátio é de dormentes e pedriscos.
Passado o portão, o piso de granito rústico conduz à entrada e compõe a base das alvenarias. Ao redor da construção, o pátio é de dormentes e pedriscos.
Área: 198 M²; Construção: Almir Coutinho; Madeiramento: Madeireiro; Esquadrias e Armários: Marcenaria Ubatuba;
Área: 198 M²; Construção: Almir Coutinho; Madeiramento: Madeireiro; Esquadrias e Armários: Marcenaria Ubatuba;

 

Fonte: Arquitetura & Contrução – Por Eliana Medina (visual) e Lara Muniz (texto) Fotos Célia Mari Weiss

Rendez-Vous Celestial: a liberdade de criar

218214_389139_jaeger_lecoultre___rendez_vous_celestial

O novo relógio da Jaeger-LeCoultre é um encontro com o céu. Um símbolo da verdadeira liberdade de criação que inspira a Manufatura do Vallée de Joux desde 1833. Em homenagem às especialidades artísticas, sua elegância e sua excelência mecânica estão ligadas de forma inseparável. Realizada com o mais alto respeito à relojoaria tradicional, a peça ilustra 180 anos de história, de expertise e de perfeição técnica. Continue lendo…

Tinta lousa entra em cena na decoração de ambientes residenciais

Despojado, pode ser uma boa opção para o quarto de crianças pequenas que gostam de rabiscar a parede
Tinta lousa é bastante utilizada na cozinha para anotar receitas, cardápios e recados da casa (Foto: Shutterstock)
Tinta lousa é bastante utilizada na cozinha para anotar receitas, cardápios e recados da casa (Foto: Shutterstock)

A tinta lousa ou quadro negro, sempre comum em salas de aula, agora também serve como decoração e cada vez mais invade as casas das pessoas que querem um ambiente diferente e inovador. Versátil, pode aparecer em salas, cozinhas, quartos e terraços. Continue lendo…

5 virtudes de um corretor de imóveis de sucesso

Muitos dos leitores do Guru do Corretor procuram em nosso conteúdo textos e reflexões sobre práticas diárias de plantões. Eventos corriqueiros como sorteio de fila de atendimento, escalas de trabalho, dúvidas sobre quem deve ou não atender determinado cliente estão entre as dúvidas mais frequentes. Continue lendo…