arquitetura casa escritório reaproveitamento contêineres

A obra trouxe economia de tempo e dinheiro, e o resultado compete de igual para a igual com os modelos de residência convencionais
 (Carla Dadazio/Divulgação)
(Carla Dadazio/Divulgação)

Viver em um lugar que antes era usado para tranporte de cargas pode parecer esquisito para algumas pessoas. Mas, como uma nova tendência mundial, as casas contêiner têm conquistado um número crescente de adeptos, surgindo como opção eficaz, econômica e sustentável de moradia. E não pense que a sensação é estar enclausurado dentro de uma caixa – as habitações deste tipo oferecem conforto total e não ficam atrás dos projetos comuns mais luxuosos. Mesmo ainda um pouco tímido no Brasil, este movimento também encontra representantes por aqui.  Continue lendo…

Casa paulistana traz o verde para o interior

Integração com o jardim teve prioridade
Casa Alto de Pinheiros (Foto: Divulgação)
Casa Alto de Pinheiros (Foto: Divulgação)

morada ideal não é apenas um local bonito e confortável, mas um reflexo da personalidade e das experiências de seus usuários. Foi com essa diretriz em mente, que as arquitetas Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli elaboraram o projeto de reforma e decoração dessa casa de 1.000 m², no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Continue lendo…

Mukul Resort – Nicarágua

Um Bohio
Um Bohio

Visto por muitos como o patinho feio da América Central com uma história marcada pela instabilidade política, a Nicarágua pouco a pouco desponta no mapa-múndi como um destino de ecoluxo. O principal nome desse movimento é Don Carlos Pellas, magnata nicaraguense que investiu 250 milhões de dólares no primeiro luxury boutique hotel do país, o Mukul Beach, Golf & Spa. Continue lendo…

Vendas de imóveis novos em SP caem 50% em fevereiro

Número de unidades residenciais vendidas despencou em relação ao mesmo período do ano passado; volume de vendas no bimestre é o pior desde 2004
Visão aérea do Parque Ibirapuera, em São Paulo
Vista do Parque Ibirapuera, em São Paulo: em volume de vendas primeiro bimestre de 2014 é o pior primeiro bimestre desde 2004

São Paulo – A venda de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo caiu 49,1% em fevereiro deste ano com relação ao mesmo mês do ano passado, divulgou nesta terça o Secovi-SP, sindicato das empresas do ramo da habitação. Continue lendo…