Salão do Móvel de Milão dita moda pelo mundo todo em design e decoração; veja o que rolou em 2014

Maior evento internacional da área ocupa as ruas da histórica cidade italiana e mostra tendências que vão estar nos quatro cantos do planeta
 (Cosmit.it/Divulgação)

(Cosmit.it/Divulgação)

A Semana de Design de Milão está para a arquitetura de interiores como os desfiles de alta-costura estão para a moda. Durante o tradicional Salão do Móvel, as maiores marcas de mobiliário do mundo expõem suas novidades para o seleto grupo de revendedores e consumidores que comprarão os seus produtos. Mas também para uma infinidade de profissionais que lotam a cidade italiana anualmente em abril em busca de renovação, inspiração e tendências.

Cerca de 300 mil visitantes dividem suas atenções entre o evento principal – que inclui o Salão de móvel, EuroCucina, Salão internacional do Banho e o Salão Satélite – e os mais de 200 eventos paralelos que tomam conta da cidade na Fuorisalone – a mostra paralela.

Nos pavilhões não se poupam investimentos para criar ambientes dos sonhos (Paola Campos/Divulgação)

Nos pavilhões não se poupam investimentos para criar ambientes dos sonhos (Paola Campos/Divulgação)

o arrojado centro de convenções Fiera Milano RHO, projetado pelos arquitetos Massimiliano e Doriana Fukas (que já vale a visita), 20 pavilhões expõem o que há de mais requintado e inovador em mobiliários, equipamentos e materiais. E atendendo ao título de principal evento da decoração mundial, os próprios estandes são atrações à parte, com sua arrojada “arquitetura efêmera” – aquela feita para nascer e morrer em curto espaço de tempo. Não se poupam investimentos para criar o ambiente de sonhos para lançar tendências e fechar negócios.

TRADIÇÃO E INOVAÇÃO 

 (Cosmit.it/Divulgação)

(Cosmit.it/Divulgação)

Enquanto os estandes do Salão têm maior foco nas transações comerciais e de divulgação, as mostras pela cidade têm perfil mais conceitual, estabelecendo uma ligação mais direta com os espaços urbanos. São locações tão diversas quanto galpões, jardins, apartamentos, pequenos sobrados e universidades. A tradicional marca francesa de cristais Baccarat celebrou seus 250 anos expondo suas peças monumentais em uma antiga igreja no histórico Bairro do Brera.

O Brasil marcou presença com as mostras Rio + Design, na região da Tortona, e Brazil S/A na região central. A marca holandesa Moori foi um dos destaques ao expor seus produtos integrados a uma exposição de fotografias em grandes formatos em um galpão rústico. A Triennale – museu de design – apresentou uma bela mostra de design italiano atual e do último século. E ainda há espaço para lojinhas de mimos (as pop upstores) e mesmo museus temporários pela cidade.

Estande do Salão Satélite: tradição japonesa em objetos de papel e crochê feitos de plástico por designers sauditas (E); e uma divertida brincadeira para entreter os visitantes (D) (Paola Campos/Divulgação - Cosmit.it/Divulgação)

Estande do Salão Satélite: tradição japonesa em objetos de papel e crochê feitos de plástico por designers sauditas (E); e uma divertida brincadeira para entreter os visitantes (D) (Paola Campos/Divulgação – Cosmit.it/Divulgação)

É fácil se perder em meio a tantas opções… Os arquitetos e designers que visitam o evento regularmente já sabem o que privilegiar e fecham o círculo nos estantes e eventos principais. Mas é preciso ter cuidado para não perder coisas interessantes fora do “mainstream”. Pois, mesmo sabendo selecionar, é provável deixar a cidade lamentando não ter visto umas das tantas atrações de interesse.

Jovens talentos

 (Cosmit.it/Divulgação)

(Cosmit.it/Divulgação)

O salão dedica anualmente espaço para divulgar o trabalho dos jovens talentos. Designers de até 35 anos selecionados nos cinco continentes mostram suas criações. Profissionais japoneses, coreanos, chilenos, belgas, franceses, norte-americanos, russos, malaios e de outras 23 nacionalidades mostram trabalhos mais conceituais e inovadores. Muitos enfatizando técnicas tradicionais de suas culturas, outros usando materiais tecnológicos. O Salão Satélite – no italiano, Salone Satellite – inclui ainda a exposição de peças vencedoras do concurso realizado anualmente – um enorme prestígio para quem ganha. Ainda na linha conceitual, o Salão do Móvel inclui exposições sobre temas relevantes à arquitetura. Neste ano, uma instalação abordou o espaço onde vivem oito dos principais arquitetos em atividade no mundo hoje. Entre nomes como a iraquiana Zaha Hadid, o polonês Daniel Libeskinf, o britânico David Chipperfield, os italianos Massimiliano e Doriana Fukas está o brasileiro Marcio Kogan, um dos grandes expoentes da arquitetura contemporânea nacional, cada vez mais reconhecido também no exterior.

 (Cosmit.it/Divulgação)

(Cosmit.it/Divulgação)

Fonte: Lugar Certo – Por Paola Campos – Especial para o Lugar Certo

Leave a Reply

salo-do-mvel-de-milo-dita-moda-pelo-mundo-todo-em-design-e-decorao-veja-o-que-rolou-em-2014-marcelo-lara-negcios-imobilirios
%d bloggers like this: