A reinvenção da arquitetura em quatro obras

O poder de renomados stararchitects em contar histórias

De olho no sucesso do Centre Pompidou Metz, na França, o comitê deste museu de arte contemporânea foi unânime ao apontar o japonês Shigeru Ban como autor de seu novo prédio de 33 mil m² no centro da cidade americana, seguindo um aumento de mais de 100% no fluxo de visitantes da casa nos últimos anos. Transparência foi a palavra de ordem acatada pelo ganhador do Pritzker 2014. Aberta em agosto, a glass box de três andares é envelopada por uma treliça de Prodema, mistura de papel e resina folheada de madeira que faz lembrar a estrutura usada em Metz.

141201_Arquitetua_Decoracao_1

continue lendo