A decoração ideal para um 2017 cheio de boas energias

27_decoracao3

Do Ano Novo, todos querem coisas boas. Mas os desejos que esperamos que se concretizem dependem mais de nós mesmos do que de fatores externos. Por isso, a mudança deve começar dentro de cada um e no ambiente em que vivemos. O primeiro passo para ter uma vida mais harmônica e organizada é uma casa que propicie o bem-estar.
“A decoração transmite sensações de acordo com as cores, os materiais, os objetos e a disposição dos móveis. Somos influenciados pelas mensagens, pelo visual e pelo simbolismo que podem deixar um espaço frio ou acolhedor”, afirma Cris Ventura, consultora de feng shui.
Segundo ela, é possível atrair energias positivas para o ano que se inicia com simplicidade, expressando os gostos e as preferências dos moradores, de acordo com a personalidade de cada um.
“Como cada pessoa tem uma vibração diferente, vale colocar um vaso com flores coloridas na sala. Elas ajudam a harmonizar a energia do grupo. As frutas simbolizam a abundância. Coloque uma fruteira no centro da mesa e use laranjas (que significam fartura), uvas, ameixas e pêssegos. De cor quente, esses alimentos atraem a prosperidade”, destaca.
Repaginando
Já a arquiteta Carmen Calixto ressalta que começar o ano com a casa renovada é um incentivo a mais para tirarmos do papel todos os projetos idealizados. “Os elementos decorativos que podem ser trocados com facilidade e proporcionam outra atmosfera à casa são almofadas, quadros, tapetes, adornos e cortinas”, afirma.
A especialista explica ainda quais cores são ideais para cada ambiente. “Para salas, nós podemos ousar mais, então, cores mais fortes e vibrantes podem ser utilizadas. Nos quartos, as cores mais neutras e acolhedoras proporcionam relaxamento. Banheiro e cozinha são ambientes que exigem mais limpeza, por isso cores claras denotam mais cuidado e limpeza”, ensina Carmen.
E são justamente as cores que a arquiteta Melina Mundin recomenda para transformar a casa em um ambiente mais alegre. “Não precisa ser muito, mas todos nós precisamos de toques de cor em casa para nos deixar mais alegres. Pequenos quadros, vasos de flor e almofadas já ajudam bastante. Mas para aqueles que, assim como eu, amam as cores, começar o ano com uma parede pintada de outra cor, ou reformar uma velha poltrona e deixá-la estampada já faz muita diferença.
Também para quem quer renovar a casa com a cor do ano, o verde trazido pela Pantone combina com tudo e estimula boas vibrações para um ano cheio de harmonia”, frisa Melina (leia mais abaixo sobre a cor do ano).
Para quem vai receber parentes e amigos na virada do ano em casa, ela recomenda abusar das luzes na decoração. “Seja com velas ou luzes, tipo as de Natal. Plantas para inspirar esperança através do verde. Peças douradas na mesa como souplat, por exemplo, inspiram confiança. Também é interessante usar toques de azul na toalha de mesa, nas taças ou em algum enfeite para representar coisas boas. O azul é a cor de todos os bons sentimentos”, afirma Melina.
Entre as plantas recomendadas por ela estão a suculenta e o cactus. “Eles exigem pouca manutenção, duram bastante e caem bem com qualquer decoração”, pontua a arquiteta.
Fragrância
Pensar no aroma do ambiente também é uma forma de decorar. O cheiro transmite sensações de aconchego, revigoramento e frescor. Segundo Nayana Pedreira, fundadora da Acqua Aroma, empresa pioneira no ramo de aromatizadores no Brasil, para cada cômodo há uma fragrância ideal.
O quarto, ambiente mais íntimo da casa, combina com lavanda, que traz tranquilidade e relaxamento, e com baunilha, para um clima mais romântico. Na sala, Nayana recomenda um aroma mais suave, como a brisa, uma vez que esse ambiente é de uso coletivo, voltado para receber visitas e relaxar. Se for trabalhar nesse cômodo, a dica é adotar o alecrim.
Já na cozinha, onde é comum a mistura de cheiros, os aromatizantes ideais são aqueles com função neutralizante, preferencialmente com notas cítricas. Para o banheiro, Nayana indica as fragrâncias como verbena e limão siciliano, cítricas e suaves, assim como a lavanderia, com toque floral e que transmite sensação de limpeza.
Plantas e flores
As plantas e flores conferem sensação de aconchego e alegria às casas. Essa é uma simples solução para melhorar os ambientes, renovando as energias. “Faltam verde e vida em nosso cotidiano e as flores trazem essa beleza e estética para dentro de casa”, destaca a arquiteta e designer Katalin Stammer, supervisora dos cursos de Design de Interiores e Design de Jardins do Centro Europeu.
Katalin destaca que é necessário identificar se o espaço é quente, úmido, iluminado ou escuro para escolher a melhor planta para cada local e casa. “As flores são muito sensíveis e precisam de um cuidado especial para que elas continuem bonitas e saudáveis durante o maior tempo possível. Mas ao contrário do que muitos pensam, não é tão complicado assim. Dedicando alguns minutos do dia para as plantas, é fácil ter uma casa aconchegante, colorida e perfumada”, detalha.
Para a profissional, plantas como astromélia, orquídea e gloxínia são boas opções para quem pretende dar um toque especial aos ambientes internos. Já o beijo americano, a vinca, a sálvia, a onze-horas e a margarida são indicadas para os jardins de verão.
A Cor do Ano 2017 simboliza novos começos
O Instituto Pantone, famoso mundialmente pela normatização de cores, acaba de divulgar a Cor do Ano 2017: a Greenery. Trata-se de um tom fresco, moderno, amarelo-esverdeado, que evoca os primeiros dias da primavera, quando a vegetação se renova. A cor lembra ainda a exuberância da vida ao ar livre, e está presente em paisagens de todo o mundo.
O tom busca envolver as pessoas mais modernas nesse mundo natural. “Greenery abre o caminho para 2017 trazendo a autoconfiança pela qual aspiramos em meio a um quadro político e social tumultuado. Satisfazendo nosso desejo crescente de rejuvenescer e revitalizar, Greenery simboliza a reconexão que desejamos com a natureza, com nós mesmos e com um propósito maior”, afirma Leatrice Eiseman, diretoraexecutiva do Pantone Color Institute.
Harmonização
A Greenery é um tom versátil “trans-sazonal” que permite muitas combinações de cores. Pode ser harmonizada com neutros, brights, tonalidades mais profundas, tons pastéis, metálicos e também com as Cores do Ano 2016, Rose Quartz e Serenity. A Cor do Ano 2017 simboliza novos começos.
Fonte: O Tempo

As cores de 2017

19_decoracao1

 

As principais marcas de tintas apontam as tonalidades que serão tendência no próximo ano. Está aí uma boa desculpa para mudar o astral da casa!

A beleza natural do Brasil serviu de inspiração para a nova coleção da marca americana Colorhouse. A colorista carioca Fabiane Mandarino colaborou na criação de seis novas cores, entre elas, este rosa suave, chamado Bromélia. Apesar da homenagem, a empresa ainda não entrega no país.

O azul-claro fresco Mergulho Sereno é a aposta da Coral. A coleção 2017 da marca conta com outras 44 tonalidades divididas em quatro tendências.

19_decoracao2

A mistura do cinza com o marrom deu origem à cor Poised Taupe (SW 6039), da Sherwin-Williams.

19_decoracao3

A Lukscolor elegeu como cor do ano um marrom com toques de amarelo queimado, que ganhou o nome de Lizard (LKS 2275).

19_decoracao4

Cortina de teatro é o nome da cor escolhida pela Suvinil. O tom, que mistura vermelho e violeta, é o mesmo encontrado na brasilina, um corante extraído do pau-brasil.

19_decoracao5

O azul vibrante Arquipélago é a escolha da Eucatex. A marca apresentou outras 20 cores, divididas em quatro grupos.

19_decoracao6

Fonte: Revista Casa e Jardim

 

Decoração natalina do Palácio Karnak une tradição e regionalismo

13_decoração.jpg

O Governo do Estado do Piauí inaugura, nesta terça-feira (6), a decoração natalina 2016 do Palácio de Karnak. A abertura solene está marcada para as 17h30, com apresentação da Orquestra Sinfônica de Teresina, sob a regência do maestro Aurélio Melo.

Este ano, o projeto traz a assinatura da arquiteta Karine Tito, que enaltece a beleza dos jardins projetados por Burle Max com milhares de microlâmpadas pendentes nas centenárias carnaúbas espalhadas pelos jardins.

Além das luzes de Natal, outros símbolos compõem a decoração deste ano, como guirlandas, estrelas e árvores. Tudo isso, com um pouco de regionalismo, mesclando o tradicional com elementos da nossa região, como o xixá do Cerrado, que lembra uma estrela, e o urucu.

Para a noite de abertura, a Orquestra Sinfônica de Teresina preparou um repertório que retrata a tradição das comemorações natalinas, a paz, a fraternidade e o amor.

Quem visitar a sede do poder executivo estadual neste período poderá ver de perto o presépio montado com peças do Polo Cerâmico do Poty Velho, de Teresina, destacando o artesanato piauiense, na representação do nascimento de Jesus Cristo, na adoração dos Reis Magos e dos pastores ao Menino Jesus.

Até o dia 06 de janeiro de 2017, “Dia de Reis”, data que assinala a chegada dos três Reis Magos a Belém, encerrando a magia do Natal, o Palácio de Karnak estará de portas abertas para receber a população piauiense e turistas, para visitação pública, no horário das 17h às 22h, numa iniciativa da Secretaria Estadual de Governo, por meio do Cerimonial do Palácio de Karnak.

Fonte: Capital Teresina 

Cinco truques para escolher os móveis adequados para a casa

decoracao

Escolher os móveis para a casa é uma tarefa difícil, pois além de analisar os ambientes, os produtos devem ter beleza, sofisticação e durabilidade. Pensando nisso, o Portal Revide separou uma lista com cinco dicas para tomar as decisões com qualidade e segurança.

Uma das opções para encontrar móveis planejados e de alto padrão em Ribeirão Preto é a Florense, que ofereceu truques para uma decoração adequada. De acordo com o franqueado na cidade, Denison Caramori, ao longo de 63 anos de história, a satisfação dos clientes sempre foi ponto de honra para a empresa. “O resultado são grandes inovações estéticas e funcionais, tanto no que diz respeito ao design quanto à alta tecnologia, a qualidade dos materiais, acessórios agregados e aos incomparáveis 220 padrões de acabamentos que oferecemos, além de todos os ambientes da casa e do escritório”, afirma.

Dicas 

1. O primeiro passo para escolher os móveis é observar, além do design, estética e beleza plástica, também a qualidade do produto e sua solidez estrutural. Também é importante agregar sistemas de alta tecnologia na abertura e fechamento de portas e gavetas − portas batente com dobradiças Salice, portas de correr com trilhos de alta performance e amortecedores, sistema Tapparella (portas de alumínio e aço inoxidável que deslizam no sentido vertical e podem ser acionadas por sistema elétrico ou manual), gavetas automatizadas A-drive, que se abrem com um simples toque, gaveteiro do gourmet, entre outros.

2. Quando se trata de móveis planejados, que devem preencher totalmente os espaços, a dica é analisar cuidadosamente as dimensões do produto para que ele realmente consiga atender a todos os fechamentos, garantindo estética e funcionamento perfeitos, observando inclusive as portas ideais para cada caso (batentes, de correr ou coplanares).

3. O terceiro truque para escolher os móveis é dedicado à atenção aos serviços antes de adquirir os produtos. O atendimento que a pessoa recebe na loja é um primeiro sinal dos serviços, mas é necessário ir muito além disso. Os projetos devem ser personalizados, e devem privilegiar estética e funcionamento prático. Em geral, o trabalho criativo é feito por seu arquiteto ou designer de interiores, mas é a loja que deve fechar o dimensionamento final, observando as diversas espessuras, larguras e comprimentos, entre outros aspectos técnicos. Também é a loja que deve fazer as medições em sua casa, conferindo rigorosamente todos os espaços, para evitar contratempos na hora da instalação.

4. Além de todas as dicas para comprar os móveis certos, o que conta também é a idoneidade da empresa. A dica é procurar somente marcas amplamente consagradas no mercado, com excelente histórico e alto grau de credibilidade e confiança, pois isso irá deixar o cliente tranquilo, sabendo que seus móveis serão entregues dentro do prazo combinado, instalados com perfeição e cobertos por uma boa garantia.

5. Para finalizar, o último truque é em relação aos valores, como o orçamento da compra. A dica é pedir simulações para avaliar o que é melhor para o seu bolso, e depois é só ajustar as condições de pagamento.

Fonte: Revide

O Natal está chegando. E a decoração natalina, como está?

decoracao-ml

De acordo com a tradição católica, a árvore de Natal é montada e decorada dia 30 de novembro. Mas para quem ama essa época e já quer algumas dicas de decoração da árvore natalina, o site www.fazercomo.org mostra boas ideias:

O pinheiro: prepare bem o pinheiro, abra os seus ramos e desamasse os galhos para a base da decoração. Obviamente, você pode selecionar uma árvore artificial, depende do seu gosto.

Primeiro passo: coloque primeiros os pisca-piscas, pois vai ajudar que os fios não fiquem por cima de outros enfeites.

Os enfeites: inicie a colocação dos enfeites com a árvore acesa, para identificar se ficaram ‘buracos’, os quais você vai preencher com enfeites maiores ou aqueles mais importantes. Os enfeites que são maiores deverão se posicionar do meio para baixo da sua árvore. No topo da árvore, coloque apenas uma estrela. Além das estrelas, se pode colocar um Papai Noel ou um laço”.

Revise a decoração: faça algumas pausas durante a decoração e verifique de certa distância como está ficando o seu trabalho. Localize lugares que possam ser colocados outros enfeites para preencher lacunas.

Fonte: Visão Oeste

Tecidos ganham novas funções e transformam a decoração de casa; confira dicas

decoracao-34

Entre a tinta e o papel de parede há um mundo colorido e listrado. A decoração moderna tem usado a matéria-prima têxtil para transformar ambientes e móveis em artefatos únicos, com a cara do dono. E que, muitas vezes, ajudam a quebrar a frieza do concreto, recurso quase unânime nos projetos contemporâneos de arquitetura.

Até pouco tempo relegados aos forros de sofá, tecidos começam a assumir diferentes funções. “São mais acessíveis e as pessoas estão mais abertas a imaginar combinações de estampas como contraste à neutralidade do ambiente”, diz a arquiteta Giuliana Savioli, do escritório de arquitetura e decoração Studio 011.

O mercado oferece uma infinidade de tramas, como algodão e couro -que pode ser usada em suportes de cadeiras ou forros de luminárias. As mais baratas são encontradas no centro de São Paulo, nas regiões do Brás e do Bom Retiro, por uma média de R$ 50 o metro de tecido estampado. Esse valor pode chegar a R$ 1.500 se for de uma grife famosa, como as americanas Ralph Lauren e Diane Von Furstenberg.

“O mais importante é saber que o tecido tem de estar visualmente equilibrado com o ambiente. Se a parede for revestida, o mobiliário tem de estar neutro”, diz Savioli.

Erro crasso é revestir todos os cantos da casa com estampas e cores diferentes. “Essa mistura só vale para as almofadas”, afirma Melina Romano, do escritório de arquitetura que leva seu nome.

Segundo ela, as pessoas buscam funcionalidade -e não só beleza- quando pensam em decorar a casa com têxteis. “Há tecidos impermeabilizantes e outros que oferecem proteção para o calor”, explica.

“Se for usar nas paredes, é importante que um especialista aplique, porque, assim como os papéis de parede, pode acontecer de a base ficar amassada e as extremidades assimétricas”, diz Romano.

Além de servirem a muitas finalidades, diferentemente dos papéis de parede, um dos maiores ganhos dos tecidos é a sensação de conforto que proporcionam. Por isso, especialistas recomendam que sejam aplicados em locais como lavabos e detalhes do quarto de dormir, geralmente mais neutros.

“Imagine também como substituto de estruturas, como no paspatur do quadro”, sugere Giuliana. O que não pode é usar as tramas em banheiros do dia dia e nem em cozinhas, por juntarem resíduos e liberarem odores desagradáveis.

PAREDES

A regra é equilibrar a quantidade de informações. Se o têxtil tiver estampas, a composição fica melhor com móveis sem cores chamativas. Com tecidos neutros, aposte em objetos de tons mais vibrantes.

MÓVEL

Estruturas de cadeiras, abajures e bases de mesas podem receber tecidos. Na hora de combinar, observe se a trama não destoa do objeto.

QUADROS

Tecidos que contam alguma história podem ser expostos em molduras -mas evite as extravagantes, já que a atenção tem de ser da trama.

Mais informações: Folha de São Paulo

7 Tendências de decoração para 2017

decoracao

Mal podemos esperar para 2017 entrar em cena e trazer junto com ele esses materiais criativos, cores elegantes e itens de decoração incríveis. Confira a lista:

1. Verde-escuro
Se o assunto for cor, o verde-escuro é a aposta certa para o próximo ano. Que tal uma poltrona, um sofá ou um buffet neste tom? As peças combinam bem com o estilo retrô ou escandinavo.

 Integrada ao living, a cozinha tem ilha com tampo de freijó e granito idealizado pela marcenaria Artífice, autora também dos armários verdes de MDF e laca. Geladeira da KitchenAid. Na prateleira, pratos feitos em parceria com o designer Marcelo Rosenbaum (Foto: Victor Affaro/Editora Globo)
2. Tijolinhos
Os fãs desse revestimento podem ficar felizes. Em 2017, ele será uma tendência na decoração. Ele é um ótimo aliado em espaços industriais e ainda traz a sensação de aconchego ao ambiente. Um outro ponto interessante é que eles deixam o lar com uma cara rústica.
Este quarto, projetado pela arquiteta Flavia Petrossi, dobrou de tamanho depois de ser integrado ao escritório. Destaque para a parede de tijolinhos atrás da cabeceira, feita com madeira de demolição (Foto: Luis Gomes)
3. Cortiça
Já imaginou uma parede de cortiça? É uma ideia criativa e com design interessante. Além disso, é personalizável porque você pode prender mensagens e fotos. Que tal trazer uma dessas para o escritório? E mais: esse material é aconchegante e mantém os ambientes aquecidos.
Parede de cortiça (Foto: Pinterest/Reprodução)
4. Camas luxuosas
Chegou a hora de trocar a sua cama. A aposta para 2017 são os móveis com cabeceiras de veludo. Muitos hotéis de luxo e casas de celebridades já possuem o item. Então, é só questão de tempo até você se render a uma dessas.
Turquesa, o veludo da Donatelli forra a cabeceira da cama, com capitonê. Manta, colcha e almofadas da Trousseau. Baú da L’Oeil, com vaso e luminária vintage, da Loja Teo (Foto: Edu Castello/Editora Globo)
5. Mesas de mármore
O mármore é um material nobre que torna o ambiente elegante. Se você quer deixar sua sala mais estilosa, invista neste único item. Além disso, é possível escolher entre diversos tons.
Mesa de mármore (Foto: Pinterest/Reprodução)
6. Cadeiras com pele artificial
Móveis revestidos com pele artificial vão continuar em destaque em 2017, principalmente as cadeiras. Elegantes, com design incomum, as peles trazem um charme a qualquer ambiente. Que tal escolher uma dessas para o seu home office?
A presença do verde também é importante para quem decorar no estilo escandinavo. A dica é inserir vasos despretensiosos pelo lar  (Foto: Divulgação)
7. Banco estilo industrial
O estilo industrial promete continuar em destaque. Que tal aproveitar a onda e substituir as cadeiras de sua cozinha por bancos de bar? São peças descontraídas e as visitas vão adorar!

7 Ideias para florir sua casa com objetos criativos

7-ideias-para-florir

O mês de setembro marca o começo da estação mais colorida do ano – a primavera. É inspirador se deparar com um ipê amarelo todo florido no caminho para o trabalho – então, por quê não trazer a cor e a vivacidade da primavera pra dentro de casa?

Por isso, nós separamos 7 dicas para você florir sua casa de um jeito criativo e fora do convencional.

1. Flores em bules

Aquele bule decorativo da sua cozinha que já foi substituído pela garrafa térmica de café – já pensou em enchê-lo de flores? Nesse caso, o indicado são flores com caules medianos para que o efeito dê destaque ao objeto na decoração.

2. Anel de guardanapo

Pequenos detalhes fazem toda a diferença. Esses anéis de guardanapo dão um toque delicado e charmoso para a mesa e é possível fazê-los em casa. É só pegar um anel de metal e ir aplicando pequenas flores com fita adesiva (a fita verde dá um efeito mais natural ao anel). O resultado é lindo e ideal para decorar uma mesa de almoço na primavera.

3. Arranjo em tigela

Uma opção bem próxima dos tradicionais vasos, mas que dá pra reaproveitar algum recipiente que está sem utilidade em casa. É só passar fita crepe formando uma espécie de tela quadriculada – dessa forma, colocando as flores nos espaços entre as fitas, elas se sustentam e a tigela fica cheia e uniforme. É uma ótima opção para arranjos de centro de mesa ou para embelezar criados-mudos.

4. Flores em latas

Uma alternativa clássica aos vasos de plantas são as latas. É uma ideia bem fácil de executar com um visual versátil e delicado. Você pode usar latas de tinta, de leite em pó ou achocolatado – depende do tamanho do arranjo pretendido. Remova o rótulo e limpe bem a  lata. É importante aplicar um primer para metal em toda a parte externa para impedir que o recipiente enferruje. Você pode pintar a lata depois da cor de sua preferência.

5. Canteiro de cano PVC

Os canteiros de cano PVC são uma ótima ideia se você quiser fazer uma horta ou um jardim vertical em casa. A ideia mistura o inovador com o rústico traz suavidade e singularidade para o ambiente. Corte um cano antigo ao meio e o preencha com terra – em seguida, é só escolher as espécies de sua preferência e plantar.

6. Garrafas

As garrafas também são alternativas bem usadas quando a intenção é fugir do convencional na hora de florir a casa. As de vidro costumam dar um visual mais clean para o ambiente – garrafas de refrigerante ou de vinho dão um efeito super diferente e delicado.

Nesse caso, o ideal é colocar um pouco de água dentro da garrafa e cultivar flores.

7. Vasos pendurados

Se a sua mesa já está devidamente enfeitada e se seu criado mudo vive muito cheio para receber um arranjo de flores, que tal enfeitar paredes? Já pensou em pendurar vasos? Essa ideia está ganhando espaço no design de interiores e, além de tirar a monotonia do ambiente, é um arranjo cheio de personalidade.

Você pode amarrar as laterais da borda do vaso com corda e pendurá-la em prego na parede. Há também a opção de pendurar o arranjo no teto mas, para isso, é preciso encontrar uma corda com uma espécie de cama para que o vaso fique com uma sustentação boa e não caia.

Fonte: Hometeka

As 10 cidades mais coloridas do mundo

Levante a mão quem ama arco-íris! Se você levantou, prepare-se: separamos 10 lugares que, de tão coloridos, parecem versões físicas do fenômeno natural. Confira:

cidades-coloridas

Pelourinho, Brasil
Popularmente chamado de Pelô, o bairro de Salvador é conhecido por ter uma vida noturna agitada, culinária ímpar e seus lindos e coloridos edifícios antigos.

Pelourinho, Brasil (Foto: Reprodução / Facebook)

Comunidade de Las Palmitas, na cidade de Pachuca, México
As cores que transformam o violento bairro em uma verdadeira obra de arte é um trabalho do grupo de arte alemão Crew. Com cores vivas como amarelo, azul, rosa, vermelho e verde a vista é realmente fascinante.

Palmitas, México (Foto: Reprodução / House Beautiful)

Burano, Itália
A ilha, que fica na Lagoa de Veneza, é bem famosa pelas suas cores. As casas coloridas, na verdade, fazem parte de uma antiga tradição dos pescadores, que costumavam pintar seus lares para que pudessem vê-los de longe, quando estavam pescando.

Burano, Itália (Foto: Reprodução / Facebook)

Bo-kaap, África do Sul
Ao contrário de Burano, as casas por aqui nem sempre foram coloridas – na verdade elas eram todas brancas. As cores são resultado de uma grande celebração da identidade mulçumana do bairro.

Bo-kaap, África do Sul (Foto: Reprodução / House Beautiful)

Júzcar, Espanha
A cidade foi dominada pelo azul após uma ação da Sony Pictures para promover o filme infantil Smurfs.

Júzcar, Espanha (Foto: Reprodução / Facebook)

Melbourne, Austrália
Por toda areia da praia de Brighton, em Melbourne, é possível ver as famosas casinhas coloridas e elas são realmente encantadoras! Os imóveis, que roubam a cena, fazem parte da cultura local há mais de um século e foram pintadas todas pelos seus respectivos donos.

Melbourne, Austrália (Foto: Reprodução / Facebook)

Nuuk, Gronelândia
As casas coloridas que formam uma linda paisagem estão ali por uma razão: cada cor serve para identificar o uso das propriedades. Por exemplo, os imóveis comerciais são vermelhos, os hospitais amarelos e assim por diante.

Nuuk, Gronelândia (Foto: Reprodução / House Beautiful)

Havana, Cuba
Durante o século 20, a cidade seguia um regulamento arquitetônico que influenciou nas varandas, decoração e cores dos imóveis. O resultado são ruas recheadas de lindos e edifícios até hoje.

Havana, Cuba (Foto: Reprodução / House Beautiful)

Guatapé, Colômbia
Conhecida pelos edifícios coloridos, a vila têm seus motivos: durante muitos anos apenas as famílias ricas costumavam ter casas que chamavam atenção, mas em 2007, o prefeito disponibilizou materiais para todos. Dessa maneira, a diferença visual entre os ricos e pobres deixou de ser tão drástica.

Guatapé, Colômbia (Foto: Reprodução / Facebook)

Valparaíso, Chile
O apelido dessa cidade é “joia do Pacífico” e não à toa: são inúmeros edifícios lindos, coloridos e com cultura única.

Valparaíso, Chile (Foto: Reprodução / House Beautiful)

Fonte: Revista Casa e Jardim

Cozinha prática com móveis planejados

cozinha-planejada

Quem não gosta de colocar o papo em dia enquanto saboreia um cafezinho, ou então preparar aquele prato especial e ao mesmo tempo dar uma olhada na TV? Esta cozinha moderna projetada pelo arquiteto Anderson Scriboni abre possibilidades para várias tarefas, que anteriormente só poderiam ser realizadas na sala ou na área de serviço.

Foto: Divulgação Projeto: Anderson Scriboni - TODESCHINI Ilha do Governador Rio, Rio de Janeiro - RJ

Entre frutas e livros
Os objetos de decoração foram pensados de forma a harmonizar todo o conjunto, não deixando o ambiente carregado visualmente e trazendo integração entre objetos de decoração, armários e a própria arquitetura. A descontração fica por conta da fruteira com maçãs e os livros de capa amarela, propositalmente colocados sobre a bancada da península.

Foto: Divulgação Projeto: Anderson Scriboni - TODESCHINI Ilha do Governador Rio, Rio de Janeiro - RJ

Funcional
O conforto foi o ponto de partida para projetar o ambiente de 5,4 m². Na bancada, que divide o ambiente, foi colocado o cooktop, que permite integração do cozinheiro com seus convidados em um momento de degustação.

Fica a dica
Na hora de planejar os móveis da cozinha, uma boa ideia para otimizar espaço sem deixar o ambiente pesado é misturar nichos abertos e armários com portas. Nos nichos, é possível colocar potes de alimentos mais bonitos e decorar enquanto organiza!

Fonte: Alto astral