Está pensando em construir sua casa? Veja o que você precisa saber antes de começar

corretor-de-imoveis-seg

Conquistar a casa própria talvez seja o maior objetivo de muitas famílias no Brasil. Mas também existem os empreendedores, que querem investir na construção de imóveis para locação e venda. Contudo, para que tudo saia da melhor forma possível, é preciso redobrar a atenção para detalhes importantes, como viabilidade do projeto e localização e custo com fornecedores e prestadores de serviço. Veja aqui tudo o que você precisa saber antes de começar a construção da sua casa nova!
Planejamento do orçamento

Faça uma simulação de tudo o que será necessário para a construção da sua nova casa. Coloque no papel custos com mão de obra, fornecedores, materiais de construção, terreno e documentação. Com a estimativa de custos em mãos, fica mais fácil verificar a viabilidade do investimento e definir o melhor tipo de projeto de construção e localização, além de estimar com maior precisão o tempo para o término da edificação.
A localização

Definir a região em que se pretende morar é o primeiro passo. Escolher um terreno em uma localidade distante por ser mais barato talvez traga prejuízos no futuro. Leve em consideração que você irá morar nessa nova casa por muito tempo, portanto, verifique as condições do bairro, a distância dessa região ao seu local de trabalho etc.
Escolher o melhor local para a construção de sua casa requer, também, alguns cuidados e burocracias. A primeira delas é verificar com a prefeitura qual é a documentação necessária para a edificação e, também, se o terreno escolhido está adequado e regulamentado para habitação. Depois, é importante pesquisar acerca da situação da imobiliária perante ao CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis).
Como escolher o tipo de terreno certo para a construção?

A recomendação geral é que a área do terreno tenha medidas parecidas em cada um dos quatro lados. Contudo, inicialmente, necessita-se a definição de uma ideia de construção, ou seja, a elaboração do projeto arquitetônico da residência. Assim, você saberá o tamanho e o formato ideal do terreno que precisa.
Nesse caso, é importante conversar com um profissional da área de arquitetura. Mesmo que haja a possibilidade de gerar um custo elevado, é uma medida importante levando em conta que você viverá nessa casa por muito tempo.
Cuidados para a contratação de fornecedores e de mão de obra especializada

Pesquise pelos fornecedores da região em que você pretende realizar a edificação. O indicado é verificar mais de uma opção de fornecedor e pedir orçamentos. No site http://www.aecweb.com.br/ ,especializado em arquitetura e construção, você encontra indicações de fornecedores, além de dicas de soluções para construção.
A contratação de mão de obra deve ser verificada também. Certifique-se que os profissionais responsáveis pela construção sejam experientes e não deixe de verificar as condições de segurança para a realização do trabalho.

Fonte: Jornal Agora MS

Empresa constrói primeiro prédio do mundo feito com impressora 3D

predio-impressora

Como já publicamos no Marketingimob em novembro de 2014, as impressoras 3D prometem realizar uma revolução na forma que consumimos e construímos determinados produtos, refletindo também no mercado imobiliário. Noticiamos que casas já estavam sendo construídas utilizando a tecnologia, mas agora, o tamanho da obra aumentou, e uma empresa chinesa acaba de divulgar que construiu o primeiro prédio do mundo elaborado através da construção de peças via impressora 3D.

Read more

Casa com vidro: na copa das árvores e rodeada de Mata Atlântica

A casa de praia em Ubatuba deixa entrever um cenário de tirar o fôlego – árvores e muita beleza nativa do litoral de São Paulo
Delineada no piso com cimento e Pó Xadrez (Lanxess), a estrela que simboliza os pontos cardeais é a atração do estar. O detalhe homenageia o proprietário, piloto de helicóptero. Renata acompanha o marido em esportes, como surfe e mergulho, que praticam no mar, a 80 m da residência. A casa tem projeto de André Guidotti.
Delineada no piso com cimento e Pó Xadrez (Lanxess), a estrela que simboliza os pontos cardeais é a atração do estar. O detalhe homenageia o proprietário, piloto de helicóptero. Renata acompanha o marido em esportes, como surfe e mergulho, que praticam no mar, a 80 m da residência. A casa tem projeto de André Guidotti.

Filtrada pela mata, a luz entra à vontade, pois não há cortinas pelo caminho.Sem elas, o refúgio se conserva integrado à paisagem, que presenteia os moradores com cenários incríveis tanto de dia, sob o sol, quanto à noite, regado pelo luar. “Sempre desejei uma casa inserida por inteiro na natureza. Isso se reflete até nos materiais, sustentáveis e abundantes na região. Tínhamos grande reocupação em ocupar o espaço sem erguer uma estrutura que fosse chocante para o entorno”, detalha Américo Júnior, proprietário e amigo de longa data do arquiteto André Guidotti, autor do projeto. A busca do terreno ideal foi o primeiro desafio.

Para ganhar área sem se elevar muito, a casa se espalha em quatro meios-níveis. O recurso atendeu, ainda, ao desejo do morador de permanecer bem à altura da copa das árvores. Projeto de André Guidotti.
Para ganhar área sem se elevar muito, a casa se espalha em quatro meios-níveis. O recurso atendeu, ainda, ao desejo do morador de permanecer bem à altura da copa das árvores. Projeto de André Guidotti.

Afinal, perto do mar, as exigências construtivas para garantir o equilíbrio ecológico são numerosas. “Usamos apenas 30% do lote a fim de interferir o mínimo possível na área. A construção se acomoda numa clareira já existente no local, algo que também contribuiu para causarmos o menor impacto”, conta André. Além da estrutura de madeiras de reflorestamento, mais soluções despontam como inteligentes decisões verdes. O conforto térmico da suíte, por exemplo, está assegurado graças a uma medida simples: o duto exaustor do fogão a lenha passa por uma de suas paredes, o que aquece o ambiente em dias frios.

Palco para jogar conversa fora e saborear refeições preparadas no fogão a lenha, a varanda principal é um dos ambientes mais concorridos, com cobertura de vidro que protege da chuva, mas libera a visão do céu. A cor das paredes externas é artesanal – massa de cimento branco, areia e Pó Xadrez, protegida por resina impermeabilizante.
Palco para jogar conversa fora e saborear refeições preparadas no fogão a lenha, a varanda principal é um dos ambientes mais concorridos, com cobertura de vidro que protege da chuva, mas libera a visão do céu. A cor das paredes externas é artesanal – massa de cimento branco, areia e Pó Xadrez, protegida por resina impermeabilizante.

Outro recurso útil consiste em aparafusar os fechamentos de vidro do lado de fora das esquadrias – isso protege a madeira e evita a criação de nichos em que insetos indesejados poderiam se instalar. Já as telhas de fibrocimento receberam uma camada de pintura látex na cor palha, saída que ameniza o calor e dificulta a impregnação de sujeira. “Apesar de simples, ou talvez justamente por isso, esta casa foi planejada para ser básica e duradoura, como a boa e velha combinação de tênis, jeans e camiseta. Daqui a 20 anos, quando fizermos uma foto, tenho certeza de que ela continuará atual”, acredita Júnior.

A suíte máster está na parte mais alta da construção. O quarto repete os elementos comuns a esse projeto de André Guidotti: cimento queimado, vidro e muita madeira.
A suíte máster está na parte mais alta da construção. O quarto repete os elementos comuns a esse projeto de André Guidotti: cimento queimado, vidro e muita madeira.
No banheiro, a bancada de mármore branco pinta verde (Gramartins) faz par com as pastilhas cerâmicas. Resguardado pela mata, o boxe envidraçado cria uma impressão de banho ao ar livre. Projeto de André Guidotti.
No banheiro, a bancada de mármore branco pinta verde (Gramartins) faz par com as pastilhas cerâmicas. Resguardado pela mata, o boxe envidraçado cria uma impressão de banho ao ar livre. Projeto de André Guidotti.
De volta ao térreo, na cozinha, janelas basculantes trazem luz e deixam a brisa circular. Projeto de André Guidotti.
De volta ao térreo, na cozinha, janelas basculantes trazem luz e deixam a brisa circular. Projeto de André Guidotti.
No patamar da escada, entre a sala e o quarto do casal, pausa para um descanso na rede. Projeto de André Guidotti.
No patamar da escada, entre a sala e o quarto do casal, pausa para um descanso na rede. Projeto de André Guidotti.
Entre a sala e a varanda, o clima é despojado: a madeira da estrutura confere aconchego, ao mesmo tempo que o cimento queimado oferece praticidade na hora da limpeza. No lado externo, deck de cumaru. Para proteger toda a madeira à mercê das intempéries, aplicou-se stain Osmocolor (Montana). Projeto de André Guidotti.
Entre a sala e a varanda, o clima é despojado: a madeira da estrutura confere aconchego, ao mesmo tempo que o cimento queimado oferece praticidade na hora da limpeza. No lado externo, deck de cumaru. Para proteger toda a madeira à mercê das intempéries, aplicou-se stain Osmocolor (Montana). Projeto de André Guidotti.
Do lado de fora, percebe-se a naturalidade com que a fachada da /casa se insere na vegetação. O cuidado de elevar as lajes do solo (para fugir da umidade) também fica explícito aqui: a fundação com sapatas isoladas serve de apoio para o esqueleto erguido com eucalipto-citriodora e muiracatiara, espécies fartas na região, onde se ergue esse projeto de André Guidotti.
Do lado de fora, percebe-se a naturalidade com que a fachada da /casa se insere na vegetação. O cuidado de elevar as lajes do solo (para fugir da umidade) também fica explícito aqui: a fundação com sapatas isoladas serve de apoio para o esqueleto erguido com eucalipto-citriodora e muiracatiara, espécies fartas na região, onde se ergue esse projeto de André Guidotti.
Passado o portão, o piso de granito rústico conduz à entrada e compõe a base das alvenarias. Ao redor da construção, o pátio é de dormentes e pedriscos.
Passado o portão, o piso de granito rústico conduz à entrada e compõe a base das alvenarias. Ao redor da construção, o pátio é de dormentes e pedriscos.
Área: 198 M²; Construção: Almir Coutinho; Madeiramento: Madeireiro; Esquadrias e Armários: Marcenaria Ubatuba;
Área: 198 M²; Construção: Almir Coutinho; Madeiramento: Madeireiro; Esquadrias e Armários: Marcenaria Ubatuba;

 

Fonte: Arquitetura & Contrução – Por Eliana Medina (visual) e Lara Muniz (texto) Fotos Célia Mari Weiss

Demanda por móveis planejados aumenta e estimula profissionalização do setor

Diante da procura crescente por peças sob medida, estabelecimentos especializados se capacitam cada vez mais para atrair o público atento às novidades

Beneficiados diretamente pelos anos de ouro da construção civil, negócios voltados para o fornecimento de móveis planejados continuam em alta. Isso porque a maior parte dos empreendimentos lançados no auge da expansão imobiliária, entre 2010 e 2011, vem sendo entregue desde meados do ano passado e está pronta para ganhar a cara do futuro morador. A personalização está entre as grandes vantagens dos armários sob medida e tem sido o principal mote para atrair um público cada vez mais exigente. Continue lendo…

Soluções ecológicas na construção civil começam a ser destaque nos projetos

Medidas sustentáveis nos processos que envolvem a construção civil passaram a ser referência e modelo para empresas do ramo
Fórum verde no Distrito Federal é um modelo de projetos em construção civil com foco na sustentabilidade (Antônio Cunha/CB/D.A Press)
Fórum verde no Distrito Federal é um modelo de projetos em construção civil com foco na sustentabilidade (Antônio Cunha/CB/D.A Press)

Desde a consolidação da definição do Desenvolvimento Sustentável, em 1987, no Relatório de Comissão Bruntland, vários temas relacionados à sustentabilidade vêm sendo discutidos no mundo corporativo. Continue lendo…

O que é Retrofit? Saiba o significado desta importante ação no mercado imobiliário

Surgido na Europa e Estados Unidos, o conceito de “Retrofit”, significa “colocar o antigo em forma” (retro do latim “movimentar-se para trás” e fit do inglês, adaptação, ajuste), termo cada vez mais ouvido nomercado de construção civil, aplicado ao processo de revitalização de edifícios. Mais do que uma simples reforma, ele envolve uma série de ações de modernização e readequação de instalações. O objetivo é preservar o que há de bom na construção existente, adequá-la às exigências atuais e, ainda, estender a sua vida útil.  continue lendo

Brasília em Construção por Marcel Gautherot

© Marcel Gautherot
© Marcel Gautherot

Brasília, a capital federal do Brasil, foi projetada pelo arquiteto-urbanista Lúcio Costa – inicialmente – para 500 mil habitantes (atualmente possui mais de dois milhões). Sua construção iniciou-se em 1956 e contou com inúmeros edifícios desenhados pelo nosso arquiteto Oscar Niemeyer. Brasília é a única cidade do século XX declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Continue lendo…