Demanda por hospedagem de luxo cresceu 25% no Brasil

15_luxo

Dados da Expedia apontam que a demanda por hospedagem de luxo está em ascensão no Brasil. Em comparação com 2015, as reservas feitas através do site em hospedagens classificadas com quatro e cinco estrelas cresceu 25% no País.

A maior parte das reservas comercializadas pela OTA foram para Rio de Janeiro, São Paulo e Foz do Iguaçu, mas a Expedia destaca que a Praia do Forte, na Bahia, registrou o dobro de demanda em 2016.

A maioria das reservas ainda é feita pelo público nacional, que cresceu 55% em 2016, quando comparado com o ano anterior. Entre os viajantes internacionais, turistas dos Estados Unidos correspondem a quase 50% da demanda. No Rio de Janeiro, eles são responsáveis por um terço das reservas totais, que contabilizam brasileiros e estrangeiros.

Os argentinos estão crescendo neste segmento, com aumento de 70% no número de viagens de luxo ao País em relação a 2015.

A Expedia aponta Brasília como o local ideal para crescimento desse mercado. A diária em um hotel cinco estrelas na cidade teve valor médio de R$ 346 em 2016, cerca de 40% menos do que outras regiões do País.

Fonte: Patriotas

Saiba como identificar as fases do mercado imobiliário e o melhor período para comprar

10_mercadoimob

Depois de sofrer com a crise econômica em 2016, o mercado imobiliário finalmente tomou uma direção positiva. Mas, devido a esse caráter imprevisível, é preciso compreender cada uma de suas fases para determinar qual o melhor período para comprar um imóvel, sem cair em armadilhas. Para a advogada Joyce Bahiense, da empresa especializada em regularização de imóveis MR Consultoria, 2017 e 2018 são os anos ideiais para quem deseja e tem condições de investir ou de comprar um imóvel para morar. Veja quais são as fases do mercado imobiliário e como saber quando investir na casa própria:

Expansão

Joyce explica que a fase de expansão é marcada pelo encarecimento dos preços dos imóveis e início de aumento das ofertas:

– É quando as construtoras, com incentivos financeiros, dão início aos investimentos no setor, aumentando o número de lançamentos e a concorrência no mercado. Com estoque ainda alto, existem boas ofertas.

Boom imobiliário

Segundo a consultora, em um contexto de economia aquecida, mercado de trabalho estável, incentivo para o crédito e consequente baixa dos juros, o Brasil passou pela fase do boom imobiliário entre 2008 e 2013, período de expectativas pelos grandes eventos que o país receberia (Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos Rio 2016).

Excesso de oferta

Em seguida, foi a vez do excesso de oferta, quando os preços dos imóveis se estabilizaram. Embora o contexto ainda seja caracterizado por otimismo com relação à economia, o número de imóveis vagos aumentou e a construção desacelerou.

– As construtoras ficam com um número elevado de empreendimentos para serem entregues, gerando um estoque maior. O crédito para novas construções também diminui e o endividamento aumenta – destaca Joyce, acrescentando que esta fase ocorreu a partir de 2013, quando a economia começou a dar sinais de desaquecimento e, principalmente, em 2015, ao se comportar como uma curva descendente.

Recessão

Em 2016, o país viveu a fase de recessão, com queda nos preços dos imóveis, enquanto a oferta continuava a crescer. Com o intuito de alavancar a economia, ainda no ano passado começaram a ser promovidos incentivos para as linhas de crédito, estimulando, portanto, a expansão do setor.

– Foi uma tentativa de reaquecer o mercado, porém esbarramos nas taxas de juros elevadas – diz Joyce.

Fonte: Extra

10 dicas de Marketing digital no Mercado Imobiliário

2_corretor

O cenário de venda de imóveis mudou drasticamente ao longo dos últimos 20 anos. Os meios de comunicação e marketing digital, como internet, computadores, smartphones e redes sociais mudaram o modo como vivemos e nos comunicamos. Seguem 10 dicas de sobreviver nesta nova selva publicitária:

1 – Sobreviveram à estas grandes mudanças quem as reconheceu e se adaptou.

2 – O marketing digital imobiliário está evoluindo:

A Internet criou milhares de novas oportunidades de marketing, dado o aumento de conteúdo, e-mail e marketing de mídia social.

Mesmo com a tecnologia adentrando a área imobiliária, os corretores de imóveis de hoje dependem fortemente de meios tradicionais de marketing, ou seja, propagandas em anúncios em jornais por exemplo. Este meio é muito eficiente ainda mas não atinge pessoas on-line e é aí que as pessoas gastam muito do seu tempo.

3 – É fundamental para os agentes e corretores de imóveis abraçar o marketing digital porque as pessoas mais do que nunca estão usando a internet para encontrar casas em sua área que estão à venda.

4 – Social Media Marketing é essencial

Redes de mídia social são exatamente o que os agentes imobiliários precisam para construir relações com potenciais compradores dentro de sua comunidade. Quanto ás principais redes de mídia social, que você deve considerar como agente imobiliário são Pinterest, Twitter, Facebook, Instagram, Google+ e LinkedIn.

5 – O porquê da eficiência das redes sociais no marketing digital imobiliário:

Fique em contato com os clientes

Seja mais acessível aos clientes

Responda mais rapidamente aos clientes

Comercialize os seus negócios para um público mais jovem

6 – Interessados neste tipo de mídia:

Os clientes comuns

As empresas de construção

Agentes judiciais

Investidores

Jornais e emissoras de TV

7 – Precisa de algumas idéias de marketing de mídia social frescas?

Faça perguntas aos seus seguidores, como: “Qual cozinha você escolheria para esta casa na praia?”, em seguida dê opções, posts como este envolve seus seguidores e vai fazê-los comentar suas preferências e compartilhar sua página.

8 – Outra grande ferramenta de mídia social é o seu cabeçalho. Atualizando esta peça-chave da mídia social imobiliária pode-se aumentar o seu alcance social e permite que você se conecte com alguém à procura de um imóvel.

9 -Marketing de conteúdo é importante

Marketing de conteúdo está se tornando a forma mais eficaz de atrair e converter prospectos em clientes. Marketing de conteúdo exige que você escreva conteúdo coadjutor. Postar vídeos curtos e escrever artigos são as formas mais eficazes de marketing de conteúdo.

10 – 70% dos consumidores acham que as empresas que criam conteúdo são mais comprometidas com a construção de um melhor relacionamento com eles.

 

Um dos maiores benefícios do marketing imobiliário é como ele impacta positivamente no resultado de suas buscas, tanto você cliente que busca seu imóvel, como você construtora que procura o cliente para seu imóvel.

(Post escrito originalmente pela equipe do Blogtecnoword)

Fonte: digitalimob

10 Técnicas de vendas para Corretores de imóveis

10-dicas-corretor

Costumo dizer que ser um corretor de imóveis é muito mais do que apenas atender o cliente. Na verdade, o corretor de imóveis vende SONHOS! Porém, para aumentarmos nossas vendas e nossos resultados, vamos estudar no artigo de hoje 10 técnicas de vendas focadas para profissionais do mercado imobiliário.

O MERCADO E AS OPORTUNIDADES:

Com o “boom” que a economia do Brasil passou nos últimos anos e a oferta de crédito (principalmente pelos incentivos da Caixa), a compra e venda de imóveis tornou-se um atrativo para o mercado, tanto para quem quer comprar para morar como para quem quer investir.

Dessa forma, cresce a procura e as ofertas na busca pelos melhores apartamentos, casas e pontos comerciais. Portanto, a profissão de corretor de imóveis hoje é uma das que oferecem maior remuneração.

A IMPORTÂNCIA DO CORRETOR DE IMÓVEIS:

Um bom corretor sabe que seu atendimento ficará marcado por muito tempo, pois sua imagem está atrelada ao imóvel que foi comprado ou alugado. Nesse momento, é muito importante travarmos um elo de confiança e credibilidades, culminando em um relacionamento de longo prazo.

Vamos exemplificar:

Você vendeu um imóvel por R$300.000,00. Quem comprou ficará muito satisfeito com seu auxílio e com toda sua atenção. Quem vendeu está com capital na mão e, porque não, oferecer um novo imóvel para ele aplicar esse valor!

O corretor profissional ganha nas duas pontas, tanto na hora da compra como na hora da venda. É uma das poucas profissões, no segmento de vendas, que tem essa oportunidade. Portanto, valorize-se e tenha confiança no seu trabalho!

AS QUALIFICAÇÕES NECESSÁRIAS DO CORRETOR DE IMÓVEIS:

Quanto mais você souber sobre o seu mercado, mais profissional você vai ser! Confiança e credibilidade são transmitidas por corretores que são referências no mercado, ou seja, que entendem, por exemplo, sobre o potencial de valorização do imóvel negociado ou quais benefícios são mais procurados na hora de locar um imóvel.

Além de entender do mercado, o corretor precisa entender de PESSOAS! Ter empatia e saber conversar com o cliente, extraindo todas as informações que são necessárias para apresentar o imóvel correto, são características fundamentais nessa profissão.

Se você conhece o mercado e já descobriu o perfil do seu cliente, a próxima etapa é estudar técnicas de fechamento. Sendo assim, preparamos 10 técnicas de vendas para corretores de imóveis!

10 TÉCNICAS DE VENDA PARA O CORRETOR DE IMÓVEL:

É muito importante observar que, neste mês, eu loquei um imóvel residencial para morar. Sendo assim, as técnicas aqui apresentadas possuem fundamentos, pois nas observações que fiz, é sofrível o que acontece no mercado de imóveis.

1 – CONHEÇA OS IMÓVEIS QUE VOCÊ TEM!

Até parece básico não é? Mas o pior é que NÃO! Você, como corretor de imóveis, precisa saber TUDO sobre o seu produto. Para exemplificar, alguns exemplos de itens que são fundamentais para quem está comprando ou alugando:

  • Como e quando foi construído o imóvel.
  • O proprietário aceita negociação? Até que ponto?
  • Quais são as operadoras (telefonia, internet, TV) que estão instaladas no prédio?
  • Possui aquecedor central?
  • Qual a possibilidade de modificação no imóvel

Entenda que CONHECIMENTO gera CREDIBILIDADE. Credibilidade somada a sua experiência de mercado gera CONFIANÇA. E é justamente a CONFIANÇA que vai fazer com que você feche o negócio!

Conheça os Imóveis que Você Tem!

2 – DIVULGAÇÃO

Uma das melhores formas de um corretor de imóveis vender mais é divulgando os imóveis da sua carteira para quem já é seu cliente e também para quem está procurando. Utilize jornal, revista, redes sociais, grupos especializados no assunto e qualquer outra forma que surgir, sempre verificando a viabilidade.

Quem não é visto, não é lembrado, certo? Para isso, vamos para as duas próximas dicas:

3 – TENHA UM SITE OU PORTFÓLIO ONLINE:

Não espere a imobiliária cadastrar os imóveis para, então, você receber os LEADS para atender. Quando isso ocorre, é comum ter um rodízio de atendimento, ou seja, você vai ter que esperar sua vez chegar!

Tenha VOCÊ um site ou um blog onde você possa colocar seus imóveis e, claro, atingir seu público alvo quando ele mais precisa: quando está buscando no Google!

No artigo 5 Dicas práticas de Como Vender Pela Internet eu dei várias dicas de como você pode fazer isso. E o melhor de tudo: existem ótimas ferramentas que são gratuitas.

Tenha um Site ou Portfólio Online

4 – UTILIZE EMAIL-MARKETING:

Email-marketing não precisa ser lindo e cheio de imagens. Se você é assinante da Newsletter aqui do site já notou que nossos e-mails são sempre simples, trazendo o centro da discussão (o novo artigo) no corpo do email e convidando o internauta a acessar a página.

Se você tiver uma rotina de publicação de imóveis em seu site, porque não avisar as pessoas (clientes) que já te conhecem? Use essa tecnologia para fazer isso.

5 – FORTALEÇA A SUA MARCA PESSOAL

Para usar as dicas anteriores, a melhor forma é você fortalecer a sua marca pessoal, mesmo trabalhando em uma imobiliária (indiferente o porte). Sendo assim, registre o SEU domínio e tenha o seu cartão de visitas!

Dessa forma, as pessoas vão vincular seu atendimento com seu site e, consequentemente, seu portfólio. A comunicação fica mais uniforme e, claro, mais fácil do seu cliente ficar fiel a você.

6 – ESTEJA SEMPRE ACESSÍVEL:

Como a venda, compra ou locação pode acontecer a qualquer momento, o corretor de imóveis deve estar sempre à disposição para o agendamento de visitas e para sanar todas as dúvidas do cliente.

Aqui vale ressalvar que é importante sim você atender ligações ou responder email fora do horário de trabalho. Seu cliente vai perceber como você está comprometido com as necessidades dele e, claro, você ganhará credibilidade dessa forma.

Seja um corretor sempre acessível

7 – ENTENDA QUEM É O SEU CLIENTE:

Como hoje há centenas de imobiliárias e corretores de imóveis que podem oferecer diversos tipos de produtos, entenda logo no início O QUE seu cliente quer. Além disso, entenda QUANTO ele pode pagar.

Definindo o PERFIL DO CLIENTE, apresente as opções que você e sua imobiliária possuem dentro do que ele quer e quanto ele pode investir, seja na compra ou na locação. Tenha uma conversa franca com ele, expondo os pontos positivos e negativos de cada imóvel.

Somente depois de fazer esse filtro e selecionar os imóveis que tanto você quanto seu cliente acreditam ser as melhores opções, faça as visitas.

Dica EXTRA: Dê Total Atenção ao Cliente:

No momento em que você está fazendo as visitas, o cliente sempre deverá ser o centro das atenções. Preste muita atenção nas reações que ele tem quando faz uma visita e procure entender, ainda mais, o que ele quer comprar!

Se você estiver visitando imóveis com um CASAL, muito importante dar maior atenção a MULHER! Ela é a decisora principal, ou seja, quem define o imóvel que mais gostou. O marido, geralmente, fica mais centrado na negociação e nos valores monetários.

8 – CRIE VALOR AO OFERTAR O PREÇO:

Quando vamos fazer a análise da real necessidade do cliente, é claro que ele quer saber o preço do imóvel. Não existe problema algum em falar, desde que você já comece a criar VALOR na mente do seu cliente.

No momento da visita, reforce os pontos positivos do imóvel, as condições de pagamento, o mercado imobiliário, o potencial de valorização e a vizinhança com um único objetivo: que ele interprete o preço do imóvel com seu real VALOR.

Se, nessa etapa, você trabalhar de forma correta, tenho absoluta certeza que ele não apresentará muitas objeções no momento do fechamento do negócio. Além disso, esteja atento a qualquer item que ele julgue importante, para você ter ainda mais ferramentas durante a negociação.

Crie VALOR ao Ofertar o Preço

9 – SAIBA PARTIR PARA O FECHAMENTO!

Muitos vendedores pecam justamente na etapa mais gostosa do processo de venda. Partir para o fechamento é concluir uma negociação sem que o cliente diga SIM! Desenvolver as habilidades e técnicas nesse quesito é fundamental para você aumentar seus resultados.

10 – PEÇA INDICAÇÕES:

Sempre que for possível, converse com seus clientes e peça a eles que indiquem você para os amigos e familiares que precisarem de uma consultoria imobiliária. Os maiores corretores que conheci eram extremamente bem relacionados e gostavam de conversar com seus clientes.

Saber pedir por uma indicação pode ser a chave do sucesso, uma vez que as pessoas tem prazer em ajudar o próximo, desde que seja algo positivo e que vá agregar valor tanto para quem é indicado como para o corretor.

DICA EXTRA: SEJA CONFIANTE!

É importante que o corretor de imóveis tenha muita convicção toda vez que for conversar com o cliente sobre a proposta. Se mostrando seguro, o cliente provavelmente sentirá mais confiança na hora da negociação.

Além disso, tenha PODER DE ORATÓRIA, ou seja, saiba expressar-se de forma correta! O corretor deve ter um vocabulário amplo e formal. Como se trata de imóveis, o cliente precisa sentir confiança em quem o auxilia, ou seja, cabe ao corretor ser um ótimo argumentador.

COMO TER SUCESSO NA PROFISSÃO?

Com todas as dicas acima, você já tem um manual de como se sair bem e aumentar as suas vendas. Além disso, mostre sempre muita disposição e energia durante todo atendimento.

Por fim, ser um corretor de imóveis pode ser um trabalho no qual você tem mais autonomia e liberdade, além de oferecer ótimas recompensas em um mercado que é cada vez mais exigente e lucrativo!

Portanto, basta que você execute com maestria o seu trabalho, visando sempre cumprir os interesses e objetivos do seu cliente, pois ele é o responsável pela sua comissão. Vender mais é uma consequência de um trabalho árduo, diário e com foco no RELACIONAMENTO!

Fonte: Super Vendedores

Corretor de Imóveis – dicas para ser o melhor profissional do mercado imobiliário e ter sucesso

O Corretor de Imóveis é o profissional legalmente habilitado para promover a intermediação da compra e venda de imóveis

corretor-de-imoveis-sucesso

Atuar no mercado de trabalho como um Corretor de Imóveis nada mais é do que ambicionar o ingresso nesse rentável ramo de atividade e ter um futuro surpreendente e promissor. No entanto, pra se ter sucesso nessa investida, a pessoa deverá buscar, sempre, por capacitação profissional.

O mercado imobiliário sempre apresentou elevados indicadores de evolução em nosso país e no mundo, impulsionado pela melhoria do poder aquisitivo das pessoas e do crescimento das empresas, pela diversificação das economias globalizadas e por diversos outros fatores inerentes ao progresso da humanidade.

O Corretor de Imóveis realiza o primordial sonho de todas as pessoas: adquirir uma casa própria. O imóvel próprio para moradia ou para estabelecimento de uma empresa é garantia de segurança, de estabilidade para as famílias, sendo também, obviamente, uma excelente opção de investimento financeiro, visando constituir um patrimônio imobiliário.

“Portanto, seja qual for a situação, esteja convicto de que a sua função, no exercício  da profissão, é realizar o sonho de muitas pessoas”, afirma o professor Fernando de Magalhães Júnior, do Curso Profissionalizante de Corretor de Imóveis, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Resumindo, o Corretor de Imóveis é o profissional legalmente habilitado para promover a intermediação da compra e venda de imóveis, sendo que o processo de interceder e concretizar negócios imobiliários é denominado corretagem de imóveis.

Do ponto de vista mercadológico, o Corretor de Imóveis é o profissional que realiza a intermediação de negócios imobiliários, estabelecendo um elo contratual entre o fornecedor e o consumidor, ou melhor, entre o atual dono do imóvel (vendedor/alienante) e o pretendente à aquisição desse mesmo imóvel (comprador/adquirente).

O Corretor de Imóveis também poderá viabilizar negócios imobiliários tendo, de um lado, empresas (vendedoras ou compradoras) e, do outro lado, pessoas físicas (compradoras ou vendedoras); e também poderá ter pessoas jurídicas envolvidas dos dois lados (compradoras e vendedoras).

Percebe-se, então, que a atuação do Corretor de Imóveis é essencial para o mercado imobiliário e, ainda, para a economia, a sociologia, a história, a arquitetura e o urbanismo, as relações humanas e diversas outras ciências que impactam na dinâmica social.

Para atender aos anseios e às expectativas da clientela, que possui um perfil bastante diversificado, com características ecléticas e específicas torna-se fundamental, para o corretor de imóveis, compreensão do mercado imobiliário, das técnicas de marketing e de atendimento aos clientes, das relações humanas, dos vínculos negociais; enfim, torna-se primordial a percepção da totalidade dos procedimentos que abrangem as transações imobiliárias.

A corretagem de imóveis exige postura profissional, com preparo técnico suficiente para enfrentar a concorrência acirrada do mercado imobiliário. Portanto, não tenha dúvidas de que o caminho para o sucesso é a capacitação profissional de forma abrangente e eficaz.

O Cliente
O cliente está constantemente exigindo eficiência (e necessitando dela), responsabilidade ética, segurança e honestidade para decidir sobre seus investimentos imobiliários. Em consequência, os corretores de imóveis que sejam capazes de oferecer soluções imobiliárias e resolver eventuais problemas durante as negociações serão condignamente remunerados, obtendo satisfação pessoal e profissional. O cliente não tolera morosidade, despreparo profissional e ausência de capacitação técnica. A clientela quer um serviço eficiente.

O Corretor de Imóveis
Um competente e atualizado Corretor de Imóveis é também um Consultor Imobiliário ou um Consultor de Investimentos Imobiliários, que precisa compreender e disponibilizar informações fidedignas sobre finanças, aspectos legais e jurídicos, documentação imobiliária, qualidade construtiva, cenários econômicos e seus impactos no mercado imobiliário, etc. Enfim, todos os detalhes e minúcias que, de alguma forma, possam relacionar-se com a compra e venda de um imóvel.

O Sucesso na Profissão
O sucesso do Corretor de Imóveis depende da sua capacitação profissional, da constante busca de informações e de conhecimentos técnicos, que esteja disposto a estudar e compreender o mercado imobiliário, tratando dos negócios com bastante ética, visando sempre ao bem-estar e à satisfação dos seus clientes.

A Remuneração
A remuneração do Corretor de Imóveis ocorre no sistema de comissionamento, dependendo, então, do resultado do seu trabalho, ou seja, do volume de negócios imobiliários que efetivamente forem concretizados a partir da sua intermediação. Para isso, o Corretor de Imóveis lidará, basicamente, com dois perfis de clientes: o cliente que almeja a casa própria e o cliente que é um investidor imobiliário e que sempre realiza negócios. Porém, o ideal é não priorizar um determinado perfil de cliente; o Corretor de Imóveis deve atender diversos segmentos que possam assegurar a continuidade das transações imobiliárias e, ainda, obter informações preciosas sobre a complexidade do mercado imobiliário. Por outro lado, a experiência demonstra que um cliente satisfeito certamente indicará o Corretor de Imóveis para atender amigos e parentes com perfis diferenciados, sendo fundamental lembrar sempre que a fidelização da clientela significa a perpetuação dos rendimentos e da satisfação pessoal e profissional.

O Trabalho
O trabalho do Corretor de Imóveis é gratificante, porque o sucesso dos seus clientes representará também o sucesso profissional e a valorização patrimonial dos seus clientes implicará faturamento condigno e satisfatório.

A capacitação profissional exigida para que se possa desempenhar a função de Corretor de Imóveis de forma eficiente abrange:
– Conhecimentos sólidos a respeito do mercado imobiliário e dos diversos segmentos da clientela;
– Entendimento de finanças e de investimentos;
– Noções de arquitetura e engenharia, e conhecimentos adequados para fazer a avaliação de imóveis;
– Trabalho com Ética profissional, no atendimento dos clientes e no relacionamento com os colegas;
– Competência para explorar as estratégias de marketing para concretização das transações imobiliárias;
– Compreensão de dinâmica do mercado imobiliário; entre outros aspectos.

Fonte: Cursos CPT

Corretor de Imóveis: 7 Dicas Eficazes Para Turbinar o Planejamento

turbinar-planejamento

Planejamento é um processo dinâmico que se caracteriza por um conjunto de ações integradas e coordenadas, previamente estabelecidas na intenção de se alcançar um determinado objetivo. Tais ações devem ser coordenadas de maneira estratégica e lógica para que não se desvie do foco principal e não se perca tempo com outras ações que não fazem parte do plano.

A carreira de corretor de imóveis é uma das mais desafiantes para um profissional. As incertezas do dia a dia, a concorrência entre os profissionais e principalmente o lado financeiro incerto, fazem com que o planejamento se torne de fundamental importância para o sucesso na profissão.

Se você já é um Corretor de Imóveis, sabe do que estou falando. Mas se você está entrando agora no mercado imobiliário, será necessário que você entenda perfeitamente a razão pela qual é tão importante você ter um planejamento traçado.

Separei aqui 7 dicas para você turbinar e planejar a sua carreira como Corretor de Imóveis:

O Creci

Se você está lendo pela primeira vez sobre a carreira de Corretor de Imóveis saiba que esta é uma profissão regulamentada por lei. Para atuar na função, você precisa obter junto ao CRECI (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis) sua licença.

Objetivo

Dentro da carreira de Corretor de Imóveis, você pode escolher atuar nas seguintes áreas: lançamentos, imóveis usados, locação, como também pode posicionar a sua atuação de acordo com o padrão dos imóveis.

Por exemplo, supondo que você seja um Corretor de Imóveis que trabalha na área de lançamentos, você terá um projeto para apresentar para o cliente, enquanto outro Corretor de Imóveis que trabalha na área de imóveis usados, já terá o produto pronto. E também existem Corretores de Imóveis que atuam unicamente fazendo a captação de imóveis.

Converse com outros corretores, analise o mercado e veja em qual perfil o seu estilo de trabalho se encaixa melhor.

Pontos Fortes e Pontos Fracos

Faça uma auto avaliação. Durante alguns dias, analise seu comportamento no trabalho. Veja quais são seus pontos fortes e pontos fracos. É normal que um Corretor de Imóveis seja melhor em uma área do que em outra.

Levar um cliente para conhecer um imóvel e sentar com ele na mesa para fechar um contrato exige diferentes habilidades e conhecimentos, como técnicas de negociação, documentação imobiliária, tramitação de documentos, etc.

Analise esses pontos e veja em quais você pode melhorar.

Estude

Ser Corretor de Imóveis não é fácil, somos exigidos diariamente e temos a obrigação de adquirirmos conhecimentos variados. Desde a parte jurídica, a noções de matemática financeira, construção civil, arquitetura, economia, política, meio-ambiente, informática, marketing, vendas, etc.

Hoje, temos inúmeros cursos de atualização e cursos específicos para Corretores de Imóveis. Cursos presenciais, cursos online, seminários, congressos, palestras. O mercado imobiliário passa por uma grande explosão de informações e conhecimentos e com isso, você não tem nenhuma desculpa para não estar por dentro de tudo o que acontece no mercado.

Manter-se atualizado é obrigação para o corretor de imóveis e o blog “E Aí Corretor?” está aqui para te ajudar.

Prioridades

Ser Corretor de Imóveis requer tempo e dedicação. Hoje, dificilmente você encontrará um corretor que tenha outra profissão. Lembre-se, SER é bem diferente de ESTAR atuando como um corretor.

Tenha em mente que seu sucesso na profissão será proporcional ao tempo que você investe na carreira de Corretor de Imóveis.

Metas e Como Alcançá-las

Nada cai do céu. Muito menos a captação de um bom imóvel ou uma venda. Planejar e ter uma meta clara de vendas irá ajudá-lo a visualizar melhor seu objetivo.

Estude sua carteira de clientes. Pesquise novas maneiras de captar novos contatos. Mantenha seus clientes mais antigos informados sobre o que acontece no mercado imobiliário. Ter estratégias para alcançar o cliente final é um dos principais passos para alcançar bons resultados.
Crie uma rotina de trabalho e faça diariamente. Por exemplo, veja essas dicas de como você pode captar novos clientes e fidelizar os mais antigos:

• Ligações;
• Portais imobiliários;
• Redes sociais e blog;
• Newsletters;
• E-mail marketing com produtos;
• Convites para eventos e lançamentos;
• Mensagens em Datas comemorativas;
• Relacionamento com o cliente.

Viu? Existem inúmeras maneiras de como você pode manter sua lista de clientes sempre atualizada e numerosa. Basta que para isso você tenha uma estratégia e crie uma rotina de execução.

Avaliação do Planejamento

Após essas dicas, avalie como você está atualmente. É natural que você tenha que fazer algumas mudanças na sua vida, sejam elas profissionais ou pessoais para alcançar bons resultados.

Estas dicas servem tanto para quem já é corretor como para quem está iniciando na profissão. São exemplos claros e diretos para quem quer garantir excelentes resultados.

Fonte: E ai, Corretor

5 Características de um Corretor de Imóveis de Sucesso

habitos de vendedor

Para quem está entrando no ramo imobiliário, vamos oferecer em nosso artigo cinco principais características que um corretor de imóveis deve ter para conseguir o sucesso e que não são tão simples de serem seguidas como pensamos. Hoje em dia o mercado de imóveis é um dos mais rentáveis para investimento e carreira profissional. A casa ou apartamento é o bem que todos querem ter em mãos para garantir o futuro. E com o aumento da população, cresce também a procura por imóveis e as construtoras já estão tratando de oferecer mais opções de compra de apartamentos, casas e afins. Infelizmente, o sucesso do segmento imobiliário no Brasil não quer dizer que o corretor de imóveis também tenha sucesso.

O correto de imóveis nada mais é que um vendedor, mas como não está vendendo um produto qualquer, a sua abordagem também não pode ser simplória. Ele é um intermediador na compra de um bem familiar, sendo de extrema importância na negociação do imóvel. Mas se ele é um vendedor, é só vender, não é mesmo? Não é tão simples assim. Uma compra de R$ 50 não irá interferir nem influenciar na vida familiar como um todo, mas a compra de um imóvel irá. Por isso, é tão importante ter cuidado e ser um bom vendedor antes de oferecer o produto.

1 – Saber Conversar Com o Seu Cliente

O maior problema de um corretor de imóveis é que ele se considera apenas um vendedor, e por isso, ele se foca apenas em vender o produto. Qual o problema disso? Não é estabelecido uma relação entre o corretor e o cliente e dificilmente ele irá conseguir finalizar a compra. O motivo? Falta de diálogo.

Um comprador de um imóvel tem necessidades específicas, desejos e anseios de onde vai comprar, como vai ser a decoração e não dá para saber de tudo isso e oferecer o produto certo para compra sem um diálogo. A maioria dos corretores de imóveis sai preparado de seu treinamento com um roteiro de venda pré determinado em mente, com as palavras certas para convencer e mal escuta o que o cliente tem a dizer. Ele apenas despeja todo o texto decorado e espera ansiosamente que faça a venda. Assim, fica de difícil ser um empreendedor bem-sucedido.

Para a maioria dos corretores, um diálogo longo é simplesmente perda de tempo e tempo é dinheiro, não é mesmo? Pensamento equivocado, puramente impulsivo e visando apenas os lucros momentâneos. Em uma conversa mais aberta e demorada você pode sair lucrando muito mais em uma venda de imóvel e ter ótimas ideias inovadoras para melhorar o atendimento. Escutando seu cliente apenas para perguntar algo já memorizado previamente, você pode informar a ele que não tem um imóvel no local desejado. Mas sabendo quais são os seus anseios da futura moradia, você pode lhe dar opções até melhores que as pensadas por ele. Veja aqui como ter ideias geniais para  o seu negócio.

2 – Estar Sempre Preparado

► DICA IMPORTANTE!

Independente do tipo de negócio que você deseja montar é muito importante fazer um planejamento. Estude em livros, contrate uma consultoria, use o Kit Como Abrir Um Negócio, enfim, escolha a opção que mais lhe agrada, apenas NÃO ARRISQUE suas economias em um chute!

Jamais deixe de vender uma casa ou apartamento por não ter dados cruciais em mente. Antes de qualquer visita para venda, informe-se o melhor possível. Vá munido de fotos internas, pois podem acontecer contratempos como chuva impossibilitando o acesso, ou simplesmente o cliente resolver a não mais ir até o local. Mostrando as fotos primeiro, você pode fazê-lo mudar de ideia e levá-lo para visitar o imóvel. Tenha dados específicos e até extras, que considere desnecessários, pois o cliente pode não pensar assim.

Sempre se concentre na apresentação do imóvel e pesquise detalhes a mais, sempre estando bem informado. Antecipe as dificuldades e personalize o material acrescentando dados extras aos principais lhe fornecidos. Isso vai lhe ajudar no seu ramo de negócio. Veja também como fazer um plano de negócio.

3 – Confie em Suas Habilidades de Corretor

Confiança é um passo importante para vender bem. Nenhum cliente curte um vendedor nervoso a sua frente, com pensamentos um tanto desconexos e sempre consultando o material de apoio com medo de errar. O segredo é acima de tudo acreditar que você pode fazer a venda independente do formato. Mostre segurança e faça o seu marketing pessoal com uma imagem de profissionalismo. Veja mais.

Pense da seguinte forma: mesmo que não consiga vender usando o roteiro informado em seu curso preparatório, a venda foi feita de outra forma e o cliente saiu satisfeito, ou seja, seu objetivo maior foi alcançado. Confie em sua capacidade de dialogar e não apenas nos roteiro pré-determinados.

4 – Seja Uma Pessoa Confiável

O velho jargão popular já é bem claro: a honestidade é a melhor pedida. Você comocorretor de imóveis não está vendendo um produto de R$ 10 reais, mas uma casa, o local onde o seu cliente irá morar por muito tempo. Se o produto for ruim, não é algo tão pequeno para o cliente não levar em consideração e sua má fama pode se espalhar tão rapidamente quanto o vento.

Usar da honestidade na venda de um imóvel é o que vai lhe diferenciar dos demais corretores. Se um vendedor é ruim e mente sobre o produto, com certeza, seus clientes não vão lhe indicar para amigos e potenciais compradores. Afinal, se eles não ficaram contentes com o seu serviço, como iriam lhe indicar? E como a compra não é pequena, não é algo a passar sem importância.

Caso não entenda ou não saiba como proceder, uma dica é se colocar no lugar do comprador: seja o cliente por ao menos um minuto. Você quer comprar uma casa aparentemente linda mas com defeitos elétricos graves, estrutura fraca e com paredes apenas pintadas superficialmente e descobrir isso apenas meses depois? Claro que não! Então haja da mesma forma, sendo claro e honesto com seus clientes e vai notar a diferença no retorno de sua carta de clientes. Eles vão te indicar, recomendar e talvez aceitem as suas condições do imóvel oferecido, sabendo exatamente onde irão morar e o preço diante dos problemas.

5 – Antecipe as Perguntas Dos Clientes

A dica do tópico anterior também vai te ajudar bastante. Quer vender melhor? Coloque-se como cliente. Se você quiser ser um corretor de imóveis de sucesso, seja também um cliente curioso e saiba o que você quer saber sobre o seu produto. Faça a si mesmo as perguntas básicas como um cliente interessado e vai saber exatamente as informações básicas a serem informadas a seus clientes e assim vai saber como responder questionamentos básicos e importantes.

Extraído de: Novo Negócio

Treinamento – Como vender mais na crise

vender na crise

 

A Marcelo Lara Negócios Imobiliários é uma empresa com mais de 100 anos de experiência no mercado imobiliário e após diversos anos, elaboramos um incrível curso teórico e

É comum vermos diversos profissionais com potencial jogado fora por falta de suporte e ajuda das imobiliárias, e quem é do mercado já deve ter passado por esta dificuldade de entrar em uma imobiliária, receber um treinamento superficial e ser “jogado aos leões”.

Eu sempre me pergunto como é possível um corretor vender se ele nem sabe como tirar boas fotografias ou o que falar com o porteiro para conseguir um imóvel para anunciar. É óbvio o porquê existem vendedores de sucesso e outros que mesmo se esforçando não conseguem atingir seus resultados e dar uma melhor condição de vida para sua família e si mesmo.

Se eu pudesse escolher, sempre escolheria ter sucesso, porém, o sucesso em um segmento depende de alguns fatores além do esforço. Se você estiver fazendo a mesma coisa repetidamente ela sempre trará o mesmo resultado. Um bom vendedor tem que ter dois pontos:

  1. Amar vender e se relacionar com pessoas;
  2. Sempre estar estudando e se atualizando.

Por estes motivos criamos um novo treinamento e método de trabalho onde os vendedores poderão e terão resultados. Nele:

  1. O profissional atuará na sua própria residência ou escritório tendo acesso a todo sistema, imóveis e proprietários da imobiliária. Aqui não escondemos informação, pois acreditamos que as pessoas tem que poder utilizar todo potencial dela.
  2. Nosso treinamento é por módulos com teoria e prática, desenvolvendo assim o profissional gradativamente e trazendo resultados reais.
  3. Não cobramos nenhum valor pelo treinamento. O corretor somente terá que ser parceiro da Marcelo Lara trabalhando com os clientes que enviamos a eles e trazendo resultados.

Somente para informação: Diversos de nossos corretores concretizam vários negócios ao mês, alguns chegam a fechar em torno de 4 a 8 negócios todo mês, seja locação ou venda.

Seguem alguns exemplos dos nossos treinamentos.

  1. Captação de Imóveis(Como obter uma ótima qualidade na captação, adjetivos, elementos de ligação, convencendo o proprietário, metodologias de captação, técnicas, cuidados e porteiros);
  2. Tipos de Garantias na locação (Tipos de garantia nas locações);
  3. Atendimento de Clientes(Quem é o cliente, informações importantes, conhecendo suas necessidades e técnicas);
  4. Mudança Comportamental(Como conseguir alterar seus comportamentos e crenças para vender mais)
  5. StoryTelling(O que é storytelling, como utilizara para seu cliente se identificar com você)
  6. E etc…


Quem tiver o interesse em aprender mais técnicas de vendas e ouvir dicas para se tornar um vendedor de sucesso, deverá enviar um e-mail e participar da nossa seleção:

Email: rh@marcelolara.com.br
Assunto: Novo Corretor 2016
Região de atuação: São Paulo capital – Zona Oeste, Sul e Centro. (11) 3105-6300

 

Nos acompanhe também nas redes sociais
Facebook: https://www.facebook.com/Marcelolaraimoveis/?ref=ts&fref=ts
Youtube: https://www.youtube.com/user/marcelolaraimoveis

 

Por Marcelo Lara