O piloto que reinventou a relojoaria

Acostumado a repensar o funcionamento de jatos e sistemas de defesas aéreas, o engenheiro aeronáutico Guy Sémon revolucionou a forma de contar o tempo.

relogio

Relógios nunca foram a paixão de Guy Sémon. “Sempre tive bons relógios, mas nada muito caro ou com muitas complicações”, afirma com uma sinceridade quase tímida o engenheiro aeronáutico responsável pela maior reviravolta da relojoaria mundial em mais de três séculos.

Read more

Museu em espiral é o novo projeto do BIG na Suíça

140616_Arquitetura

O escritório dinamarquês de arquitetura Bjarke Ingels Group (BIG) foi contratado para expandir a sede da fabricante de relógios Audemars Piguet, em Vellée de Joux, na Suíça. Além do projeto de ampliação do complexo já utilizado desde 1875, quando a marca foi fundada, o BIG assina o novo museu “A Maison des Fondateurs”, uma estrutura em espiral localizada no jardim da sede. 

Continue lendo…

Cristiano Ronaldo é o novo embaixador da TAG Heuer

Cristiano Ronaldo - novo embaixador da TAG Heuer
Cristiano Ronaldo – novo embaixador da TAG Heuer

Agora novo embaixador da marca, o jogador português de futebol, Cristiano Ronaldo, inicia parceria com a suíça TAG Heuer. Cristiano Ronaldo, duas vezes vencedor do prêmio Bola de Ouro, atacante do Real Madrid e capitão da seleção de Portugal para a próxima Copa do Mundo, une-se a celebridades como Cameron Diaz, Leonardo DiCaprio, Maria Sharapova, Jenson Button, Sébastian Ogier, Lucas Di Grassi e Felipe Nasr, todas integrando o time de embaixadores dessa marca. Continue lendo…

As 20 marcas de relógios suíços mais valiosas do mundo

Com marca avaliada em 5,57 bilhões de dólares, Rolex mantém liderança em ranking anual criado pela consultoria BV4

São Paulo – A Rolex manteve-se como a marcade relógios suíços mais valiosa do mundo, segundo ranking anual elaborado pela consultoria de branding BV4, de Zurique. Avaliada em 5,57 bilhões de dólares, a grife é seguida pela Cartier, que ocupa o segundo lugar com 3,23 bilhões de dólares. A Omega segue de perto e completa o pódio, com valor de 3,19 bilhões.  Continue lendo…

Novos relógios de mergulho da IWC

Novos rel gios de mergulho da IWC  Novos relógios de mergulho da IWC

A fabricante de relógios de luxo IWC gosta de atualizar uma de suas coleções eventualmente para atrair mídia. Este ano os fãs da marca devem encontrar novos modelos do Aquatimer, o relógio de mergulho projetado e lançado em 1999 contou com um medidor de profundidade. O novo modelo da IWC é uma volta no tempo, mas com diversas melhorias.

Continue lendo …

Relógios femininos para usar à noite

Relógios femininos para usar à noite
Modelos com pulseira de couro são clássicos e bem atuais ao mesmo tempo: atemporais

Se você achava que não precisava de um relógio para eventos noturnos, então dê uma olhada nas belezas que a Dior coloca no mercado. Alguns modelos refletem a beleza dos cocktais da década de 1950. Outros são apenas uma volta do estilo tradicional dos modelos de pulso antigo, que acrescentavam charme e glamour, como todo bom relógio de luxo deve fazer. Read more

Rolex Daytona Cosmograph vendido com preço record

Rolex Daytona Cosmograph vendido com preço record
Rolex Daytona Cosmograph vendido com preço record

Aos amantes de relógio, o artigo começou a alcançar patamares mais caros e nobres em leilões. O relógio apelidado de Arabian Night Daytona, feito sob encomenda em 1974 para o sultão Qaboos bin Said Al Said de Omã, foi vendido por 673 mil euros em Christie, em Genebra, um preço recorde para um Daytona vendida em leilão. O modelo de 1969 conhecido como ‘Paul Newman’ graças ao ator que tornou o relógio famoso foi para casa de um comprador anônimo para a coleção Rolex Daytona.

Continue lendo…

Parmigiani Fleurier chega ao Brasil disposta a atingir público AAA

Com produção artesanal de apenas 5 mil peças por ano, relojoaria suíça terá relógios cujo preço médio é US$ 60 mil

relojoaria suíça Parmiani Fleurier não tem loja no mundo inteiro, não conta com celebridades como garoto-propaganda, muito menos investe em grandes campanhas publicitárias. Na verdade, se vistos na rua, seus relógios dificilmente serão reconhecidos pelo público em geral. E é exatamente assim que o CEO da marca, Jean-Marc Jacot, quer seja. “Não queremos ser como Rolex , que até mesmo quem usa um modelo falsificado corre o risco de ser assaltado. Queremos ser conhecidos, claro, mas de forma discreta, mantendo um certo mistério, para atender a um cliente que quer algo único”, afirma o executivo, que esteve em São Paulo na última semana para a inauguração de um pequeno estúdio da marca dentro da loja Tolls & Toys, no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo

O modelo Pershing adaptado para a parceria com a CBF, com estojo em titânio e a moldura em ouro rosa ou branco. Foto: Divulgação

A presença sutil dentro da loja que vende de imóveis a barcos é proposital. Afinal, pela filosofia da marca, atende-se o cliente onde quer que ele queira: em casa, na empresa ou no apartamento finamente montado junto ao escritório brasileiro. “Vendemos um produto que não é, de fato, importante para o mundo, é o supérfluo do supérfluo, onde o luxo vem de uma adição de detalhes. Então, precisamos levar muito a sério nossa missão de fazer feliz quem ama relógios ”, diz Jacot.

E ele não está se referindo a um público amplo. Seu foco é restrito àqueles que prezam a exclusividade, a customização e podem pagar de US$ 20 mil a mais de US$ 1 milhão pelo acessório de status. Sim, porque há muito o relógio deixou de simplesmente contar o tempo para se tornar símbolo do poder e posição social, seja ela real ou não. “Assim como o carro, o relógio é uma forma de se diferenciar e marcar seu lugar na sociedade. Principalmente entre os homens”, explica o executivo.

Com cinco fábricas próprias para produzir todos os componentes de seus 20 modelos, a Parmigiani pode se dar ao luxo de oferecer, com facilidade, relógios totalmente personalizados aos clientes que desejarem algo realmente único. Mas com a produção anual reduzida a pouco mais de 5 mil peças artesanais, feitas com materiais e pedras nobres, será difícil encontrar um modelo idêntico no pulso de outra pessoa. “Nosso produto é como alta-costura . Não temos mais de 20 mil pessoas realmente interessadas nesse tipo de relógio”, diz Jacot, referindo-se a colecionadores e verdadeiros amantes da relojoaria e suas complexidades. “No Brasil, vamos focar apenas nos modelos mais especiais e de alto valor. Se chegarmos a 300 relógios vendidos nesse primeiro ano ficaremos realmente felizes”, completa.

Para ajudar a atingir a meta mais facilmente, a Parmigiani firmou acordo com a CBF para o lançamento de modelos temáticos especiais. Caso do Pershing (R$ 73.400 o feminino) e do Transforma – um box com dois relógio (um esportivo e outro clássico), para serem usados no pulso ou no bolso (acompanhe a transformação no vídeo anexo) –, à venda por R$ 168.300. Veja na galeria de fotos outros modelos da marca.

Modelo Parmigiani Bugatti Super Sport

Serviço:
Parmigiani Fleurier
Tel: (11) 2592-0009

Tools & Toys
Shopping Cidade Jardim
Av. Magalhães Castro, 12000, 3º piso – São Paulo (SP)
Tel: (11) 3552-4000