Restaurant Week. Os menus de luxo a 20 euros estão de volta (e trazem novidades)

8_luxo

Eis que chegaram as semanas mais aguardadas pelos amantes do bem-comer. A nova edição da Restaurant Week volta a trazer menus especiais em mais de cem restaurantes que participam no evento, que decorre até dia 12 de março.

“Esta é uma forma de democratizar o acesso a restaurantes ditos de luxo”, explica Sérgio Sequeira, responsável pelo The Fork em Portugal, empresa responsável pela organização do evento. Assim, durante duas semanas, pelo valor fixo de 20 euros, os clientes têm direito a um menu elaborado pelos restaurantes e que engloba sempre uma entrada, um prato principal e uma sobremesa (exceção feita às bebidas, que são pagas à parte).

A edição de 2016 já tinha deixado de ser exclusiva de Lisboa e Porto, mas este ano conta com a participação de restaurantes de 20 cidades distribuídas pelos distritos de Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Évora, Beja, Faro e Funchal. Ao contemplar mais cidades, o evento conta também com uma lista de restaurantes alargada que conta com 20 novas entradas. É o caso do Delfina e do Café Portugal, em Lisboa, o LSD no Porto ou o Vila Tamariz no Estoril.

A lista de espaços aderentes pode ser consultada através do site ou aplicação do The Fork, plataformas que também devem ser usadas para fazer reservas.

Existem dois períodos para fazer a reserva: o primeiro decorreu até dia 1 de março e foi reservado a clientes Millennium, que para usufruir desta prioridade apenas tiveram de fazer o pagamento com o cartão do banco. Para os restantes, as marcações podem ser feitas para a semana entre 2 e 12 de março.

O evento tem tido um crescimento constante e, segundo dados da organização, no ano passado chegou perto dos 30 mil clientes. “A componente solidária chama muita gente”, acredita Sérgio Sequeira. Isto porque, por cada menu de 20 euros, um euro é doado a instituições de solidariedade. A Acreditar, que ajuda as famílias de crianças com cancro, e a Casa Mimar, um centro temporário de acolhimento de crianças em perigo, foram as escolhidas deste ano.

Fonte: Sol.sapo

Menu degustação é oportunidade de conhecer melhor o trabalho dos chefs

Saiba o preço da sequência de pratos autorais nos principais restaurantes gastronômicos de São Paulo e Rio de Janeiro.

140924_Luxo_5

Presente nos cardápios dos principais restaurantes gastronômicos da cidade, o menu degustação está para um chef assim como um desfile de alta costura para um estilista. Uma das melhores formas de conhecer o trabalho autoral de um cozinheiro, é nele que se poderá encontrar toda a expressão da técnica, pesquisa e criatividade do profissional, expressas em uma grande variedade de ingredientes. Muitas vezes desenvolvidos junto aos produtores, para garantir a alta qualidade.

Continue lendo…

O melhor restaurante do planeta

Ter uma boa experiência gastronômica é algo facilmente conquistado pela maioria das pessoas. Mas apreciar um prato inesquecível no melhor restaurante do mundo é um privilégio para um público seleto.
Interior do restaurante.
Interior do restaurante.

Para celebrar o prazer proporcionado pela arte culinária foi criado a premiação World’s 50 Best Restaurants . O título de melhor restaurante do planeta só é conquistado depois de passar pela aprovação da Academia, composta por mais de 900 membros incluindo chefes, restaurateurs, jornalistas e gourmands. Continue lendo…

Os 10 restaurantes com arquitetura mais incrível do mundo

Os arquitetos Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz, que projetaram o Deliqatê, selecionaram os 10 restaurantes mais lindos do mundo.
Restaurante Deliqatê
Restaurante Deliqatê

Deliqatê

Recém-inaugurado, o restaurante Deliqatê, no bairro dos Jardins, surgiu com a proposta de ser um espaço nova-iorquino em São Paulo. Continue lendo…

Revitalização do centro da cidade de SP: iniciativa privada sai na frente

Consultoria recupera edifícios residenciais e comerciais, “valoriza os imóveis e aumenta a ocupação em até 40%, como já vem ocorrendo”

22/06/2010

Recuperar imóveis residenciais e comerciais antigos, localizados no centro da cidade de São Paulo, tornando-os atrativos e “mais rentáveis aos seus proprietários” é a proposta da Marcelo Lara Negócios Imobiliários. A empresa investe na revitalização, com a certeza de que o centro urbano da capital paulista é muito mais do que somente salas comerciais.

Lembrando que o centro guarda importantes ícones da memória arquitetônica da cidade, e que oferece grandes facilidades para mobilidade, compras, cultura, lazer “e tudo o mais necessário para o cotidiano pleno”, um dos sócios da imobiliária, Marcelo Lara, defende a região como sinônimo de bons negócios imobiliários.

“O investimento em imóveis no centro é um ótimo negócio. Mesmo com valores de aluguel mais baixos em relação a outras regiões, a infra-estrutura da região contribui para que a demanda por locação seja alta”, comenta Marcelo Lara, opinando que os proprietários ainda não despertaram para a potencialidade dos seus imóveis.

“Em geral, os proprietários acabam alugando os pavimentos térreos dos edifícios para lojas e restaurantes, deixando de lado soluções que poderiam tornar mais atrativas as ocupações de salas comerciais ou de apartamentos”, enfatiza o empresário.

Negócios evoluem – Aplicando o conceito de readequar os edifícios, aproximando-os das atuais expectativas de moradia e trabalho, somente nos três primeiros meses de 2010 a Marcelo Lara Negócios Imobiliários concluiu a reforma de quatro prédios, e projeta finalizar outras duas até o final deste primeiro semestre.

“As metragens e características dos edifícios do centro de São Paulo são bem variadas. Podemos encontrar apartamentos residenciais de 40 a 160 m2, assim como salas comerciais com capacidade para abrigar pequenos escritórios, empresas de médio e até de grande porte. Assim, é possível encontrar desde imóveis com custos compatíveis às classes D e E, até apartamentos de alto padrão, com destaque para os de grandes metragens e pés-direitos altos”, comenta Lara.

O estímulo à iniciativa – A iniciativa de restaurar edifícios e torná-los mais atrativos para inquilinos e mais rentáveis para proprietários, projeto batizado por Marcelo Lara de “Vá para o Centro”, surgiu quando o empresário observou que um dos imóveis de sua família, localizado na região central de São Paulo, contava com um índice de ocupação de apenas 30%.

“Nossa equipe de administração desenvolveu um minucioso trabalho de análise da estrutura, executou a reforma interna e externa do prédio, além de um projeto de divulgação e captação de inquilinos. Seis meses depois, os investimentos resultaram em 70% de locação e uma fila de espera para o aluguel dos apartamentos que ainda estavam sendo reformados”, comemora Lara.

Expectativa de retorno – O empresário estima que, uma vez concluída a reforma, dependendo do valor investido, em prazo de oito meses a dois anos os proprietários terão de volta seus investimentos.

Lara explica que o primeiro passo para a restauração é a análise individual do prédio, para avaliar o potencial de rentabilidade e as condições estruturais e legais. Nessa etapa, a empresa verifica o estado das redes elétrica e hidráulica, o acabamento, a regularidade de funcionamento, o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), o auto de vistoria e os registros de condomínio.

?Depois, são avaliadas as possibilidades financeiras do cliente e a projeção do retorno do investimento. As reformas podem ser parciais ou totais, e a Marcelo Lara também se responsabiliza pelos anúncios de divulgação e pela administração do imóvel.

Lara garante que “o principal objetivo é oferecer um serviço completo, desde o projeto de reestruturação até a administração condominial, para evitar transtornos ao cliente”, e destaca que outro ponto importante do processo é a análise das características da fachada.

“Existem casos em que a necessidade de reforma passa por fatores de segurança; ou nos quais a preservação do elemento histórico urbano agrega valor ao imóvel em questão. Além da reforma estrutural, que garante a qualidade do projeto, o restauro da fachada é essencial, pois transmite a imagen de imóvel bem cuidado e conservado. Dessa forma, aumentamos a taxa de ocupação dos imóveis e conseguimos valorizar o aluguel em até 40%”, projeta.

Outras informações sobre os projetos de restauração da Marcelo Lara Negócios Imobiliários são obtidas pelo telefone: 11 3105 6300. O endereço eletrônico da empresa é:
www.marcelolara.com.br

Imagem: Centro de São Paulo, junto ao Vale do Anhangabaú.

Fonte: Imovelweb